Falsa advogada condenada a 980 euros de multa

341
Tribunal de Aveiro.

O Tribunal de Aveiro condenou ao pagamento de uma multa de 980 euros uma mulher de 40 anos por ter exercido advocacia durante mais de um ano sem estar habilitada.

A juíza não ficou com dúvidas de que a arguida, que à data dos factos era estudante de direito, se fez passar por advogada, refere uma notícia da Agência Lusa (ler artigo).