Espumante das Caves da Montanha eleito o melhor da Bairrada

721
Prémios CVB 2022.
Smartfire 728×90 – 1

“Cá da Bairrada Espumante Bruto branco 2010”, das Caves da Montanha (Anadia), foi o vencedor do Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada que regressou este ano após o interregno em 2020 2e2021 devido à pandemia de Covid-19.

Organização da Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB), o concurso teve o seu desfecho com a entrega dos prémios no no Aliança Underground Museum, em Anadia.

“Cá da Bairrada Espumante Bruto branco 2010” venceu entre as cerca de uma centena de amostras postas à prova de uma dúzia de jurados, entre escanções e enólogos.

A CVB distinguiu, também, os melhores vinhos em cinco categorias: espumante, espumante Baga Bairrada, vinho branco, vinho tinto e vinho da sub-região Terras de Sicó.

Outros prémios

» A Messias ganhou nos vinhos brancos com o seu Bairrada Clássico de 2017;

» Já nos tintos, o melhor foi o São Domingos Grande Reserva 2017, das Caves com o nome homólogo;

» Na categoria de melhor espumante Baga Bairrada foi o Primavera Baga Bairrada Grande Reserva Extra Bruto branco 2017, das Caves Primavera;

» Este ano, a CVB decidiu distinguir o melhor vinho da sub-região Terras de Sicó. Subiu ao pódio, para receber o galardão de melhor nesta categoria, o Baforeira Reserva tinto 2020, de Maria Teresa Proença Simões da Silva Resende. Uma forma de privilegiar a acentuada qualidade dos néctares produzidos nesta sub-região com certificação Indicação Geográfica Protegida (IGP) Beira Atlântico.

No que toca a medalhas de ouro, foram atribuídas 27: 15 das quais a espumantes, na sua maioria brancos, mas dois dos quais rosés; quatro a vinhos brancos e oito a vinhos tintos.

Consultar lista de premiados.

O Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada reuniu 90 amostras, sendo que 46 dizem respeito a vinhos tranquilos e as restantes 44 a espumantes.

Para avaliar estes néctares com o selo de garantia e qualidade DO Bairrada e IG Beira Atlântico, estiveram presentes nove escanções, numa parceria com a Associação Escanções de Portugal, e três enólogos da região. No comando do Concurso, esteve, mais uma vez, o conceituado crítico de vinhos e jornalista Luís Ramos Lopes, também habitante na região e grande conhecedor dos vinhos e espumantes que ali se produzem.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.