Erosão costeira: Estudos em curso para instalar quebra mar na Vagueira

2342
Praia da Vagueira, Vagos.

Concretizou-se “mais uma etapa” do estudo que está a ser realizado para mitigação do fenómeno da erosão costeira, através da implementação de um quebra-mar destacado na praia da Vagueira, em Vagos.

Hoje foram realizados naquela zona balnear trabalhos de medição ‘in situ’ por elementos das equipas da Universidade de Aveiro, Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) e Instituto Hidrográfico, informou a Câmara local.

O estudo contratado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), com prazo de dois anos, incluirá a monitorização da evolução dos fundos da praia e da zona marítima adjacente.

“Os trabalhos de campo irão continuar com a recolha de dados batimétricos, topográficos, sedimentológicos e hidrodinâmicos (ondas e correntes) na frente marítima”, acrescenta o município vaguense.

Vagueira, Furadouro e Cortegaça, estas duas em Ovar, estão na lista das praias para receberem barreiras artificiais de forma a proteger a costa das investidas do mar.

Os quebra-mares devem ter uma extensão de 250 metros de comprimento cada, envolvendo investimentos de 20 milhões de euros.

Além dos quebra-mares, a estratégia de proteção desta zona costeira envolve também a alimentação artificial das praias com “shots” de areia.

Artigos relacionados

Projetos dos quebra-mares para defender as praias de Ovar estão a ser “ultimados”

Estudo de viabilidade de construção de um quebramar destacado em frente à praia da Vagueira

Três praias de Aveiro vão receber os primeiros quebra-mares do país

Publicidade, Serviços & Donativos