Covid-19 / Vagos : Cerâmica Costa Verde suspende atividade

6532
Costa Verde (Vagos).

A empresa de louça cerâmica Costa Verde, com fábricas em Vagos, informa que irá suspender a sua atividade entre os dias 30 de março e 17 de abril devido ao coronavírus Covid-19.

“Pese embora a atenção que a Costa Verde tem dado ao atual estado do país e do mundo, e que levou à elaboração e implementação de um completo plano de contingência, a urgência e emergência de toda esta situação pandémica obriga-nos a tomar tal decisão”, refere uma nota da empresa, uma das maiores do sector em Portugal.

A Costa Verde, a caminho do 28º ano de laboração, diz que levou em conta as recomendações da Direção-Geral da Saúde e a declaração de Estado de Emergência, “assim como a paragem forçada da atividade nos mercados onde opera”, uma vez que exporta grande parte da produçã para cerca de meia centena de países.

A empresa,que dá trabalho a cerca de quatro centenas de pessoas, aproveita a oportunidade para “apelar” à solidariedade de forma a ultrapassar “esta situação extraordinária e sem precedentes, mas que tem evidenciado nos últimos dias valores como o trabalho de equipa, superação e solidariedade” (Informação ao minuto Covid-19 na RTP).

Publicidade, Serviços & Donativos