CIRA expressa voto de condolências pelo mestre Rendeiro / Câmara da Murtosa diz que era “figura marcante da Cultura Lagunar”

973
Zé Rendeiro (foto de NotíciasdeAveiro.pt).

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) “endereça à família enlutada” do falecido mestre José Rendeiro, arrais da Murtosa que dedicou a vida à preservação do barco Moliceiro, “sinceros votos de pesar pela perda deste ‘camarada’ generoso e que tanto estímulo deu aos que ainda hoje teimam em remar a favor da maré do Moliceiro, agarrados ao seu exemplo e paixão”.

“Até sempre arrais moliceiro José Rebesso” é o título do voto de condolências expresso pelos municípios da região.

A CIRA lembra que José Rendeiro era uma “presença inconfundível” na anual Grande Regata da Região de Aveiro. Falecido aos 83 anos, era o o mais antigo arrais de barco moliceiro em atividade na Ria de Aveiro.

Em cada nova edição da regata, lembra a nota de imprensa, o mestre Rendeiro “sempre repetia jovial o seu lema de vida: Enquanto eu puder, não quero outra coisa”. “Cedo ao leme destas embarcações, mais recentemente era vê-lo nos dias de concurso de regatas, em despique de brios e bairrismos, mantendo sempre o traço inconfundível da sua simplicidade, simpatia e alegria”.

“Figura marcante, embaixador da Cultura Lagunar”

“Figura marcante, José “Rebeço” foi um verdadeiro embaixador da Cultura Lagunar, que defendeu, com o seu exemplo, até ao fim, tornando-se um modelo inspirador para as novas gerações que dão continuidade à tradição, honrando, desta forma, o seu legado – Câmara da Murtosa.

Artigo relacionado

Murtosa e toda a zona da Ria de Aveiro de luto pelo falecimento do mestre Rendeiro

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.