CIRA com “acordo de princípio” para entrar como acionista na nova Aveiro Expo

1616
Recinto de feiras de Aveiro.
Smartfire 728×90 – 1

A Câmara de Aveiro teve recetividade à pretensão de incluir a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) na nova empresa a quem será entregue a gestão do parque municipal de feiras de Aveiro.

A proposta foi apresentada em recente reunião do conselho intermunicipal pelo presidente da autarquia aveirense, que também lidera da CIRA:

Ribau Esteves “informou e esclareceu” os seus pares sobre o interesse do município aveirense em ter a comunidade intermunicipal como sócia.

O conselho intermunicipal concordou com a proposta, “numa lógica de declaração de princípio”.

A formalização da ‘entrada’ da CIRA na empresa AveiroExpo fica condicionada à apresentação “dos necessários estudos / relatórios técnicos” a entregar pela edilidade aveirense.

A Câmara de Aveiro pretende incluir mais dois acionistas: a Universidade de Aveiro (UA) e a Associação industrial do Distrito de Aveiro (AIDA-CCI), esta última já integrava a sociedade em fase de liquidação (49%).

Está decidido, também, que, em caso de Aveiro ser escolhida para Capital Europeia da Cultura em 2027, será a nova empresa a assumir a gestão do evento.

A autarquia teve de avançar com a liquidação da empresa municipal Aveiro Expo por imposição da Lei nº50/2012 ( regime jurídico da atividade empresarial local e das participações locais), uma vez que foram reportados resultados negativos em três exercícios seguidos (2012 a 2014).

Artigo relacionado

Dissolução da AveiroExpo – Parque de Exposições de Aveiro

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.