Camp. Sabseg: Análise dos treinadores ao BM – Ol. do Bairro e golos da jornada

509
Diogo Tavares comemora golo (Facebook do Beira-Mar).
Smartfire 728×90 – 1

O treinador adjunto do Beira-Mar destacou a resposta da equipa às investidas do Oliveira do Bairro, que esteve perto de colocar-se em vantagem no jogo disputado este domingo em Aveiro a contar para a 20ª jornada do Campeonato Sabseg (antepenúltima da primeira fase).

Artigo relacionado

Futebol distrital: Beira-Mar voltou a sorrir na receção ao Oliveira do Bairro (3-0)

“Tínhamos a estratégia bem definida e sabíamos das mais valias do Oliveira do Bairro e dos problemas que podiam criar. Entrámos melhor, depois tivemos algumas dificuldades, corrigimos isso. Sabíamos as formas como podíamos surpreendê-los, conseguimos ficar na dianteira e depois foi mais fácil gerir o marcador”, comentou João Ribeiro que substituiu no banco Ricardo Maia ausente devido à Covid-19.

A pandemia e lesões obrigaram a mexer no onze, nomeadamente na defesa, incluindo a adaptação do médio defensivo Maurício a central, fazendo dupla com Mika, habitualmente suplente. “Conhecemos os jogadores, o Maurício tem qualidade e personalidade para fazer o lugar, cumpriu. Os outros ainda têm poucos jogos mas sabíamos que podiam cumprir”, referiu o técnico adjunto.

A vitória afastou a má imagem dada pelo desaire a meio da semana anterior em Estarreja (1-0). “Após uma derrota uma equipa como Beira-Mar tem de dar estas respostas, em casa continuamos 100% vitoriosos. Foi um resultado sem contestação”, afirmou João Ribeiro.

Segue-se a deslocação ao reduto do Recreio de Águeda. A equipa aveirense vai contar com o regresso de jogadores que estiveram em isolamento, mas a situação de saúde pública nesta altura é uma condicionante do dia-a-dia.

“O Águeda é agora o segundo classificado, mas vamos querer ganhar para ampliar a vantagem e entrarmos com uma diferença pontual maior na segunda fase”, disse o o treinador adjunto que não acusou a responsabilidade de orientar a equipa. “Trabalhámos há muitos anos com Ricardo Maia, esteve connosco, foi igual”, concluiu.

Discurso direto

“Na primeira parte estivemos por cima. Obrigámos o Beira-Mar a procurar o ponta-de-lança diretamente, não deixámos jogar com os seus médios, condicionámos muito e foi muito perigosos nas saídas, tivemos três, quatro oportunidade e não fizemos golo. Depois pagámos caro a juventude, a partir de agora todos os jogos são com grandes equipas. Notou-se a falta de frescura física, tivemos três jogos na última semana. Somos o outsider na fase de apuramento de campeão, não era a nossa ambição de início, mas temos a ambição do grupo, vamos tentar fazer a vida difícil a toda a gente. Não perspetivamos jogos fáceis. Não temos o objetivo de subir, mas estamos a fazer um excelente percurso. Os pontos reduzidos a metade aproximam as equipas, vamos jogar a jogo. Lutar pelo melhor resultado e se podermos lutar pelo primeiro lugar é isso que vamos fazer” – Cajó, treinador do Oliveira do Bairro.

Artigo relacionado

CF União de Lamas e SC Paivense estão no playoff de subida do Campeonato SABSEG

Golos da 20ª jornada via AFA TV

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.