Câmara quer rescindir contrato de exploração do ‘Mercado do Peixe’

2194
Mercado José Estêvão / 'Praça do Peixe', Canal de São Roque, Aveiro.
Comercio 780

A Câmara de Aveiro informa que “quer rescindir o contrato de exploração” do chamado ‘Mercado do Peixe’.

O executivo camarário deliberou, na sua reunião desta tarde, de carácter privado, “declarar a intenção de resolução do contrato com a empresa Prateado Boémio, Lda.” que foi outorgado a 27 de outubro de 2022.

A concessão da gestão e exploração do espaço da antiga ‘Praça do Peixe’, no bairro da Beira Mar, foi entregue por dez anos por valor mensal de 12.617,89€ (+IVA).

“Detetados e reportados que foram os factos relativos ao modo como tem vindo a ser realizada a exploração do ‘Mercado do Peixe’, e a que corresponderam numerosas queixas”, a Câmara vem dar conta que “realizou diligências (reuniões e contactos) junto do concessionário, expressando-lhe a preocupação, evidenciando-lhe as diversas reclamações rececionadas e incumprimentos verificados, vincando-lhe a imperiosa necessidade de dar cumprimento ao contrato outorgado, na sua plenitude”. No entanto, a esta data, a autarquia “constata não estar a acontecer e que obriga a esta decisão” de fazer cessar o acordo de exploração “pela proteção da identidade do espaço e proteção do conforto geral de empresas, cidadãos e visitantes.”

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Agora, a Câmara diz que “pretende que este espaço assuma uma nova e qualificada dimensão na prestação de serviços gastronómicos e culturais, mantendo o propósito da exploração do setor da restauração e dando ao seu rés-do-chão uma ambiência de esplanada coberta integrada numa única operação de gestão, premissas base que até ao momento não se verificaram”.

Artigos relacionados

Aveiro: Tribunal mantém anulação da concessão da Praça do Peixe

Aveiro: ‘Praça do Peixe’ passa para sociedade que tem presidente do SC Beira-Mar como sócio

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.