Aveiro: Pescador detido quatro vezes pela PSP diz que “nunca” foi traficante de droga

792
Tribunal de Aveiro.

Um pescador de 51 anos que está detido preventivamente por tráfico de droga negou hoje o envolvimento em tráfico de droga no início do julgamento, assim como da companheira, igualmente arguida e atualmente a cumprir pena de cadeia por roubo.

“Nunca fui traficante”, garantiu o homem que a PSP surpreendeu em dezembro de 2020 na estação de Aveiro, a chegar do Porto, com mais de 200 doses, entre heroína, haxixe e cocaína) e 110 euros em dinheiro.

O indivíduo encontrava-se, na altura, com obrigação de apresentações periódicas na autoridade policial, após três detenções anteriores por motivos idênticos.

A PSP tem vigilâncias que indiciam que o arguido traficava droga quando recebia consumidores em locais onde residia ou em vários pontos da cidade de Aveiro, motivo pelo qual fazia deslocações várias vezes por semana ao Porto para adquirir produto.

Em tribunal, o homem garantiu que os encontros ocorridos em casa eram para consumir, nos quais também participava a companheira.

Quanto à droga que ia buscar a bairros do Porto, justificou que se destinava a levar quando ia embarcado para a pesca ou para amigos que lhe pediam para comprar.

Admitiu apenas que quando ficou ’em terra’ por falta de trabalho devido à pandemia chegou a vender “uma coisa ou outra para pagar despesas com comida e renda da casa”.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.