Aveiro: “Open Calls” para Residência e Criação Artística

1060
Exposição do Concurso Jovem Criador, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

No âmbito do Plano Estratégico para a Cultura (PEC), a Câmara Municipal de Aveiro (CMA) lança duas “Open Calls” para Residência e Criação Artística relacionadas com dois importantes eventos que vão acontecer na Cidade durante o último trimestre de 2019: o festival “Prisma” e o “CreArt”.

Estas ações contribuem para cumprir com os objetivos ao nível das Redes Internacionais do PEC 2019-2030, das Redes de Criação Artística e afirmar Aveiro em termos culturais ao nível nacional e internacional, como Cidade culturalmente vibrante, atrativa e inovadora, sendo este um contributo fundamental para sustentabilidade económica do sector cultural e criativo.

Por outro lado, esta ação concertada faz ainda parte da estratégica do Município para a Candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027, aumentando através destas “Calls” a participação da comunidade, posicionando a Cultura e a Criatividade no centro da vida social, educativa, económica e urbana, abrindo-se à Europa e ao Mundo.

Convocatória para Residência Artística

Numa iniciativa da CMA, com a curadoria da “ARTshifters” tem aberta uma convocatória para uma Residência Artística destinada a artistas nacionais nas áreas das artes visuais, design, animação ou instalação interativa digital. Os artistas irão trabalhar na “VIC // Aveiro Artshouse” para produzir uma obra de arte, física ou digital, que recrie a identidade tradicional de Aveiro, tendo em conta a sua posição e projeção na Europa.

A obra irá ser apresentada no novo evento da CMA com direção executiva do Teatro Aveirense, denominado Prisma – Art Light Tech, que se estreará na Cidade dos Canais nos dias 11 e 12 de outubro, assumindo a luz como o seu elemento central. a sua matéria prima de base para ser moldada pela arte.

Inscrições

A convocatória está aberta a artistas nacionais ou que vivam e trabalhem em Portugal e deverá ser feito até ao próximo dia 8 de setembro, através do e-mail: vic@aveiroartshouse.com.

A escolha será feita por um júri especializado internacional até 13 de setembro. Os membros do júri incluem representantes da CMA/Teatro Aveirense, da “ARTshifters” – equipa curadora do Prisma – e da “VIC // Artshouse”.

Semana tecnológica em Aveiro

O Prisma (11-12OUT) desenrola-se integrado numa semana dedicada à tecnologia que vai acontecer de 7 a 13 de outubro em Aveiro e que junta ainda o Criatech (7-13OUT) e o Techdays (10-12OUT).

O evento combina várias instalações de arte contemporânea que incluem projeções, instalações e obras de som e luz e irá decorrer em vários espaços da cidade, com a presença de artistas de renome internacional. O Prisma virá fortalecer um ambiente inteligente para o crescimento das indústrias criativas em Aveiro, com base na cooperação entre criativos, estudantes, artistas e empresas.

O Prisma trará à cidade um ambiente convidativo, divertido e convidará à exploração e (re)descoberta da cidade através de uma nova luz. O “Prisma” quer ser também um contributo para a boa gestão ambiental, chamando a atenção para a eficiência energética e convidando ao uso dos modos suaves de mobilidade.

No âmbito da participação do Município de Aveiro no projeto CreArt 2 – Rede de Cidades para a Criação Artística – está aberta a “Open Call” para uma residência artística que contará com a participação de 3 artistas visuais provenientes das cidades parceiras do projeto. O objetivo desta iniciativa está no incentivo à criação artística e, simultaneamente proporcionar aos artistas instrumentos e condições privilegiadas de produção, contribuindo para a sua formação e crescimento artístico.

Sendo 2019 ano de realização da Bienal Internacional de Cerâmica Artística de Aveiro e celebrando-se três décadas da realização deste evento central da cultura local, considerou-se relevante orientar a residência para esta área artística. Será também um marco distintivo de Aveiro entre as residências organizadas pelas outras cidades do projeto, uma vez que esta vertente não tem sido explorada. Permite também dar a conhecer o potencial e a diversidade da cerâmica na Região de Aveiro, estando em curso contactos com várias entidades, da indústria à produção artesanal, para acolher por alguns dias os artistas.

Para operacionalizar e melhorar a realização da residência, tendo como referência a aprendizagem da edição de 2018, considerou-se relevante ter um curador que oriente os artistas e lhes proporcione apoio durante a sua estada. A Curadora escolhida é a Madina Zinganshina, (artista residente em Aveiro), curadora independente e promotora do projeto Art-Map, cuja edição piloto foi organizada com o Museu da Cidade de Aveiro.

Informações em https://creart2-eu.org/open-calls/artist-in-residence-in-aveiro-portugal-2019

Publicidade, Serviços & Donativos