Aveiro: Novas orientações da Carta Educativa desvendadas em Outubro

1268
Escola de Santiago, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

O presidente da Câmara mantém Outubro como prazo para dar a conhecer a primeira versão da nova Carta Educativa.

Informação transmitida na habitual mensagem mensal difundida pelo edil no site do município.

Setembro fica marcado pelo inicio do ano letivo. “Na política de gestão da Câmara, a cooperação com os parceiros da comunidade educativa assume um papel muito relevante, num tempo em que estamos a debater no Conselho Municipal de Educação, a nova Carta Educativa”, refere.

O documento irá definir “a evolução da rede escolar e fixar as linhas de orientação estratégica que vão orientar as apostas” nos próximos anos ao nível das políticas educativas.

“Atendendo ao facto de estarem a ser realizados os trabalhos finais da revisão do Plano Diretor Municipal, e sendo a Carta Educativa um dos documentos envolvidos, o Conselho Municipal de Educação vai prosseguir o seu trabalho de debate, tendo-se fixado o objetivo de durante o mês de outubro 2018, termos a primeira versão”, adianta o autarca, desejando abrir um debate público “numa opção política que a Câmara prossegue de envolvimento dos Cidadãos nos processos de planeamento em que estamos a trabalhar intensamente.”

Ribau Esteves informa que a edilidade está muito atenta “aos eventuais impactos” que a descentralização da Educação possa ter em Aveiro, “aguardando-se pela publicação do respetivo decreto-lei setorial, para que a Câmara Municipal possa analisar e pronunciar-se, pese embora a perspetiva de adesão seja positiva e a reação dos vários parceiros tranquila, atendendo ao trabalho de proximidade e de articulação constante” com os vários Agrupamentos de Escola.

Setembro é também o mês do início da época desportiva.

O edil garante que “a cooperação” da Câmara com as associações desportivas “é uma realidade que a todos apraz registar, numa aposta forte em capacitarmos mais o trabalho de formação e competição desportiva”.

Nesta altura, decorre o processo de análise das candidaturas aos apoios do Programa Municipal de Apoio às Associações (PMAA).