Aveiro Norte: Penas suspensas para sete arguidos envolvidos em fraude com cartas de condução

414
Tribunal de Santa Maria da Feira.
Smartfire 728×90 – 1

O Tribunal da Feira condenou a penas entre os 10 e 20 meses de prisão suspensa sete pessoas, incluindo três médicos, envolvidas num esquema de revalidação de cartas de condução com atestados falsos.

Os arguidos, três médicos e dois casais que geriam duas agências de documentação automóvel, que, entre outras atividades, revalidava cartas de condução em Vale de Cambra e Oliveira de Azeméis, estavam acusados dos crimes de atestado falso.

Continuar a ler artigo da Agência Lusa via Renascença.

Publicidade, Serviços & Donativos