Aveiro: ICNF afasta, em definitivo, pedido de classificação de árvores do Rossio

1542
Jardim do Rossio, Aveiro.

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) indeferiu “definitivamente” uma proposta de classificação de interesse público das árvores do jardim do Rossio, que entrou em obras no âmbito de um projeto de requalificação que prevê, também, uma cave de estacionamento.

A informação foi prestada na reunião privada do executivo camarário realizada esta quinta-feira à tarde.

O ofício do ICNF dá conta da decisão tomada a 7 de outubro que levou “a indeferir definitivamente a proposta do Movimento Juntos pelo Rossio”.

Artigo relacionado

Classificação de Interesse Público do conjunto arbóreo do Jardim do Rossio

O pedido “não possui atributos passíveis de justificar a sua classificação como arvoredo de interesse público, nem como conjunto arbóreo, nem como exemplares isolados”, refere o comunicado camarário citando a resposta dada.

A decisão, no entender da presidência, “vem comprovar, mais uma vez, a ação cuidada e avisada da Câmara na gestão do parque arbóreo urbano de Aveiro, nomeadamente no que diz respeito à praça do Rossio”, onde vem “alertando há muito tempo para a necessidade de abate e renovação das árvores devido à sua degradação, que coloca em risco a segurança dos cidadãos no usufruto deste espaço”, tendo, por isso, “agido em conformidade”.

A nova decisão do ICNF após recurso do Movimentos Juntos pelo Rossio, reforça o comunicado, também “confirma e reforça a legalidade e a qualidade do projeto do Rossio, que a Câmara desenvolveu com a empresa projetista ARX e que de acordo com a empreitada já em execução plena, vai propiciar a instalação de um conjunto arbóreo com qualidade, de natureza ripícola e com valor ambiental e patrimonial, que em muito vai valorizar o jardim do Rossio”.

A maioria camarária garante, por último, que irá “continuar a trabalhar com rigor e transparência, empenho e capacidade de realização, cumprindo os compromissos assumidos com os cidadãos aveirenses, cumprindo a lei do País, com grande determinação e espírito de bem servir, gerindo também e no mesmo quadro de princípios, atitudes lamentáveis como esta que teve como único objetivo atrasar o desenvolvimento de Aveiro.”

Artigo relacionado

Aveiro / Obras do Rossio: Montagem de estaleiro altera circulação e estacionamento

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.