Aveiro: Empresa Estaleiros Navais de Peniche volta a recorrer de afastamento do concurso do ferry

1014
Ferry de Aveiro.

A empresa Estaleiros Navais de Peniche S.A. recorreu da decisão do Tribunal Central e Administrativo do Norte (TCAN) que afastou qualquer ilegalidade no processo de adjudicação do ferry elétrico pela Câmara de Aveiro ao grupo ETE no âmbito de um concurso público internacional.

Segundo informação transmita ao executivo camarário na reunião privada realziada esta quinta-feira, seguiu um novo recurso da deliberação municipal para instância superior, no caso para o Supremo Tribunal Administrativo,

O Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto (TAFP) já tinha considerado “legal” a exclusão dos Estaleiros Navais de Peniche S.A. do concurso, tendo levantado o efeito suspensivo originado pela ação judicial, o que permitiu o início da conceção e construção do ferry adjudicado por 7,3 milhões de euros.

Artigos relacionados

Ferry elétrico de Aveiro começa a ser construído durante o verão

Estaleiros de Peniche impugnam concurso de ‘ferryboat’ em Aveiro e queixam-se ao Ministério Público

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.