Aveiro: Esfera de Rui Chafe “é a obra definitiva” – Rogério Carlos, vice-presidente da Câmara

2046

O vice-presidente da Câmara de Aveiro esclareceu, esta tarde, na reunião pública do executivo, que o elemento escultórico em ferro de Rui Chafe, hoje colocado na rotunda das ‘pontes’, está concluído, desfazendo uma dúvida colocada pelo vereador do PS Rui Soares Carneiro ao dar conta que a primeira imagem conhecida apontava para uma outra opção artística do esférico agora entregue.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

O eleito do PS quis “perceber” se a obra “é definitiva” e, em caso afirmativo, “porque tem um desfasamento em relação ao apresentado” pela presidência o ano passado. Um tema que fez ‘ferver’ os comentários nas redes sociais nas imagens que foram sendo divulgadas. O socialista questionou, ainda, o preço final, lembrando que foi apontado um custo de “cerca de 300 a 350 mil euros” que não conseguiu encontrar documentalmente nas contratações municipais.

Artigo relacionado

Aveiro: Revelado elemento escultórico da renovada ‘ponte praça’

“Numa obra de arte não há qualquer tipo de político ou quem for que mande na essência do artística, por muito que se possa referenciar uma encomenda, cabe ao artista interpretar e fazer o que tem sente. Vejamos as obras de Joana Vasconcelos pode alguém fazer uma encomenda mais ou menos do que é, mas é do trabalho do artista que sai a obra final. Esta é a obra definitiva. Aquilo que foi apresentado em novembro do ano passado era uma ideia que o artista trabalho e fê-la como sentiu. Estamos contentes por termos uma obra do Rui Chafes no nosso município”, começou por responder Rogério Carlos, retomando a explicação dada pela manhã pelo presidente da Câmara na visita guiada.

O ‘braço direito’ de Ribau Esteves assumiu a condução dos trabalhos em substituição do edil que se deslocou a Lisboa durante a tarde para receber um prémio atribuído pela organização da Bolsa de Turismo de Lisboa (Personalidade do Ano 2023)

Sobre o preço final, esclareceu que não estava em condições de dar essa informação, comprometendo-se a entregar “tudo, porque é transparente e às claras”, remetendo, assim, tais elementos para momento posterior.

Elemento escultórico de Rui Chafe, Aveiro.

A esfera de duas toneladas e quatro metros de diâmetro, que resultou de uma encomenda para assinalar o ano de Aveiro Capital da Cultura Portuguesa, tem inauguração agendada para o feriado do 10 de junho, dia em que será revelado também o nome atribuído à obra pelo artista.

Artigo relacionado

Aveiro: Esfera de Rui Chafes dá uma nova “passagem entre o mundo exterior e interior” do canal central

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.