Aveiro entre as cidades com maior aumento de oferta de quartos para arrendar

2620
Aveiro, cidade.
IService 728

Aveiro é uma das cidades que contribuiu para o aumento de oferta de quartos para arrendar em casa partilhada no último ano de 71% no País, segundo um estudo do site Idealista.

A análise por cidades daquele marketplace especializado em imobiliário conclui que o aumento do stock “foi bastante acentuado”, sendo na sua maioria superior aos 50%.

Aveiro, com mais 67%, surge no quarto lugar do ranking nacional que é liderado por Lisboa (146%), seguida pelo Porto (107%), Leiria (96%), Aveiro (67%).

“Apesar da subida do stock, os preços aumentaram em todas as cidades analisadas”, refere o comparativo.

Braga registou a maior subida de preços (35%). Segue-se Setúbal (27%), Faro (27%), Coimbra (23%), Lisboa (20%) e Aveiro (18% mais caro).

Lisboa continua a ser a cidade com os quartos mais caros em Portugal, onde os preços rondam em média os 506 euros mensais, seguida pelo Porto (400 euros por mês), Setúbal (380 euros por mês), Faro (380 euros por mês), Aveiro (355 euros por mês) e Braga (350 euros por mês).

Das cidades analisadas, as mais económicas para arrendar quarto são Coimbra (270 euros por mês), Leiria (270 euros por mês) e Santarém (290 euros por mês).

Perfil de quem partilha casa

» Pessoas com 40 anos, que vivem no centro de grandes cidades e não fumam. A idade média dos habitantes de uma casa partilhada varia em função da zona geográfica, sendo Santarém é a cidade com a média mais alta, rondando os 42 anos. Segue-se Setúbal, com uma média de idades de 40 anos e Braga onde a média é de 39 anos. No Porto, a média é de 35 anos, seguido por Lisboa (32 anos), Leiria (30 anos), Coimbra (29 anos), Faro (27 anos) e Aveiro (26 anos).

Arrendar quarto não é só para estudantes

» Os dados publicados neste relatório do Idealista revelam que o arrendamento de quartos não é uma opção habitacional apenas para estudantes, “convertendo-se também na opção eleita por jovens nos seus primeiros anos no mercado de trabalho e em alguns casos até mais tarde”. A atual realidade do mercado de arrendamento português nas grandes cidades faz com que seja complexo para muitas pessoas solteiras ou separadas suportar o custo de uma casa.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780