Aveiro: Edifício projetado por Fernando Távora tem agora como nome próprio “Atlas Aveiro’

4604
Edifício "Atlas Aveiro".
Banner Ol. do Bairro – cultura – 728X90

Edifício “Atlas Aveiro”. É assim, por decisão camarária, que se passa a designar, oficialmente, o edifício Fernando Távora, arquiteto autor do projeto (1964), também conhecido localmente como edifício ‘cor-de-rosa’, localizado na Praça da República, junto aos Paços de Concelho.

A imagem escolhida para marcar a inauguração da obra de requalificação, que figura na placa colocada junto à entrada principal, foi inspirada nas cadeiras do mobiliário original, também da autoria do arquiteto já falecido.

“Atlas, uma pequena palavra pequena que diz tanta coisa. Diz mundo, saber, conhecimento, inovação, diz as muitas funcionalidades que vai ter. Será sempre edifício Fernando Távora, agora com nome próprio”, explicou o presidente da Câmara ao intervir na sessão realizada ao final da tarde que marcou a reabertura após obras de restauro.

Ribau Esteves destacou a importância do edifício da autoria de um grandes nomes da arquitetura portuguesa como “peça urbana” da cidade.

Além de acolher a biblioteca municipal, tem espaços para outros serviços, nomeadamente para apoio ao empreendedorismo, cultura e loja de apoio ao investidor, que entrará em atividade mais tarde.

O edifício, recuperado segundo um projeto de Bernardo Távora, filho do arquiteto Fernando Távora, estará aberto ao público durante este sábado para visitas.

Nos próximos meses, será lançada uma publicação com “a história” do edifício.

A intervenção de restauro foi iniciada em janeiro de 2019 num investimento de 2,5 milhões de euros (1,8 milhões de euros comparticipados).

Edifício “Atlas Aveiro”.

Artigo relacionado

Aveiro: Edifício Fernando Távora preparado para novas funcionalidades

Publicidade, Serviços & Donativos