Aveiro/ Dia do Município: Presidente da Câmara renova reivindicações governamentais

1581
Maestro António Vassalo no Dia da Cidade de Aveiro de 2022 (intervenção em nome dos distinguidos).

O presidente da Câmara de Aveiro aproveitou a sessão solene do Dia do Município (feriado municipal religiosamente consagrado à Padroeira Santa Joana), esta quinta-feira, para exortar a governação nacional liderada por António Costa (PS) a atender reivindicações locais, que relembrou a pretexto da nova legislatura.

“É muito importante para a vida das pessoas que o atual Governo seja muito melhor do que o anterior. O passivo que recebe em relação a Aveiro é enorme, sendo muito urgente tratar dos muitos assuntos pendentes, que se arrastam na indecisão”, afirmou.

Ribau Esteves destacou as obras de ampliação e qualificação do Hospital Infante D. Pedro, com a integração de Centro Académico Clínico, assim como “a entrega à gestão da Câmara” dos terrenos do antigo Colégio Alberto Souto, da antiga lota e da frente-Ria de São Jacinto.

O edil apontou ainda a necessidade de qualificação da Escola Básica de 2º e 3º Ciclo de São Bernardo e do Conservatório de Música de Aveiro, “a decisão da construção nova Escola Secundária Homem Cristo”, que o município “assumirá por permuta com a atual e velha escola”, onde deseja instalar os serviços municipais.

Da lista de pedidos, aludiu, também, à “resolução definitiva dos velhos problemas das portagens” e das instalação de tribunais, das polícias e da prisão de Aveiro.

A Câmara, pela sua parte, garantiu Ribau Esteves, “está ao dispor do Governo de Portugal para cooperar e fazer bem, para fazer muito melhor não deixando passar o tempo sem que nada aconteça, porque essa é a opção pela degradação do património e dos serviços públicos, porque essa é a opção pelo desprezo em relação aos cidadãos Aveirenses”.

A edilidade irá, também, prestar “todo o apoio ao Governo para que concretize a sua aposta publicamente assumida de implementar o curso de Medicina nas Universidades públicas de Aveiro, Évora e Vila Real”.

Presidente da AM defende mais “ambição” e redução de encargos fiscais

Tornar Aveiro “um município com ambição e com a e energia de querer ir mais além” foi o desafiado lançado pelo presidente da Assembleia Municipal (AM) na sessão solene. Luís Souto elogiou, logo no início da sua intervenção, a ação “galvanizadora e mobilizadora” de vitórias desportivas de clubes locais recentes, dando, entre outros exemplos, os títulos do futebol sénior do Beira-Mar e do basquetebol também sénior do Esgueira, ambos com épocas marcadas pela promoção a escalões superiores.

Luís Souto, presidente da Assembleia Municipal de Aveiro, a intervir no Dia da Cidade (2022).

Para o autarca eleito pela coligação PSD-CDS-PPM, atualmente a cumprir o segundo mandato no cargo, os “indicadores” mais diversos (poder de compra, captação de fundos europeus, Censos 2021, entre outros) destacam o “elevado potencial” do concelho e afirmam a cidade como “capital regional por direito próprio”, como acontece “desde há séculos”.

Um bom exemplo da “boa ambição” de Aveiro apontado por Luís Souto é a candidatura a Capital Europeia da Cultura (CEC), por ser feita de “liderança e parcerias”, que importa reforçar, alargando “as dimensões da cooperação” a autarquias da região e não só apra partilhar recursos e serviços, complementando-os em benefício da população. “Precisamos de ser arrojados, correndo o risco do municipalismo democrático soçobrar perante novas de organização e gestão dos recursos”, alertou.

A “ambição” de Aveiro, defendeu Luís Souto na sua “reflexão”, deve ir no sentido do “crescimento qualificado e ambiental sustentável, beneficiando todos, incluindo os mais vulneráveis”. Uma terra “mais competitiva” nos espaços públicos qualificados, parque habitacional, transportes, zonas industriais qualificas, educação e cultura, assim como lazer e turismo ou a “diminuição dos custos de contexto” para os investidores” com agilização e eficiência administrativa.

O presidente da AM entende que chegou a altura de reduzir a carga fiscal a que se recorreu para o saneamento financeiro. “Uma vez conseguido o controlo das contas municipais, será a hora de apontar para diminuição dos encargos para cidadãos e empresas”.

Quanto à descentralização assumida, o processo “não pode ser interrompido antes consolidado” para “ir mais longe e encetar um processo de eficiente regionalização”.

Discurso direto

“Nestes primeiros sete meses do mandato, mantemos um elevado ritmo de realização de investimento, com múltiplos projetos, concursos e obras em desenvolvimento por todo o Município, com um destaque muito relevante para as obras nas áreas da Regeneração Urbana e da Modernização do Parque Escolar, num ritmo intenso que será mantido ao longo de todo o mandato, tirando o máximo proveito dos Fundos Comunitários do atual Quadro Comunitário de Apoio que estamos a executar até ao final de 2023 e lutando por mais no âmbito do PRR e do novo Quadro do Portugal 2030.
Uma palavra especial para a área da Cultura, na qual prosseguimos um trabalho em crescendo ao nível da capacitação de equipamentos, da programação e da criação cultural de grande relevância, integrando nesse vasto conjunto de operações, o processo da Candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027, sabendo que ganhámos o direito de continuar a lutar por esse título com a passagem à segunda fase do processo com as Cidades amigas de Braga, Évora e Ponta Delgada, as quais saúdo de forma respeitosa assim como o faço às oito Cidades que não lograram passar da primeira fase.” – Ribau Esteves, presidente da Câmara.

Artigo relacionado

Aveiro: Aprovada a lista de distinções do Dia da Cidade

Presidente apresenta as distinções honoríficas atribuídas pela Câmara de Aveiro em 2022 (abaixo, em vídeo)

Ler discurso completo do presidente da Câmara de Aveiro no Dia da Cidade 2022

Sessão solene do Dia da Cidade (transmissão vídeo).

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.