Aveiro: Autoridade de saúde chamada a colaborar na reorganização dos passeios de moliceiros

2387
Canal Central, Aveiro.

A Câmara de Aveiro fez diligências junto da delegada de saúde local “para a criação de um normativo de ‘medidas preventivas’ para evitar o contágio do coronavírus / Covid-19 na gestão e na utilização dos moliceiros” nos passeios citadinos.

Os operadores marítimo-turísticos estão autorizados, desde o início do mês, a retomar a atividade que foi suspensa a 14 de março devido à pandemia.

Numa carta dirigida às 10 empresas licenciadas, o presidente da Camara deu nota da “disponibilidade” municipal para continuar “a trabalhar juntos pelo relançamento da atividade turística na cidade e no município”, de forma a voltar “ao patamar de elevado nível a que conseguimos chegar até fevereiro de 2020”.

Ribau Esteves deixou ainda “uma palavra de confiança de apoio na gestão deste complexo e grave problema de combate à pandemia e na resolução dos problemas económicos que a mesma provoca, para podermos voltar à vida plena e à atividade turística e económica de elevada intensidade com a maior brevidade que seja possível”.

Além do apoio já disponibilizado às empresas, no sentido de devolver um terço do valor pago pela atribuição das licenças de 2020, respeitante a quatro meses, de março a junho, assumido no âmbito do ‘Programa de Ação de Apoio à Atividade Social e Económica / Operação Anti Covid-19’, a Câmara está a executar mais ações de apoio e ponderar outras na vertente da atividade turística.

Artigo relacionado

Passeios de moliceiro em Aveiro regressam no dia 4 de junho com novas medidas de segurança

Publicidade, Serviços & Donativos