Aveiro: Assembleia Municipal chamada a autorizar novo concurso para o Rossio

1892
Imagem de intervenção projetada para o Rossio, Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

Depois de aprovado pela maioria PSD-CDS na Câmara, o novo concurso público para a requalificação do jardim do Rossio, mantendo uma cave de estacionamento, integrada numa concessão que envolve também o parque subterrâneo do mercado Manuel Firmino, vai ser submetido a autorização da Assembleia Municipal, que tem uma reunião extraordinária agendada para esta noite.

Todas as cinco propostas entregues ao primeiro concurso, com preço base de 9,8 milhões de euros, foram excluídas.

Uma das quais, de um agrupamento de duas empresas, foi registada 22 minutos após o fim do prazo. Era a única que ia ao encontro dos critérios definidos pela Câmara, apresentando como preço da obra 9,7 milhões de euros e o pagamento de 2,5 milhões de euros durante a fase de obra.

Das restantes quatro, uma empresa propôs-se executar o projeto por um valor global de 14 milhões de euros. Os outros três concorrentes não apresentaram qualquer valor de construção.

O novo concurso, que implicou também mudanças no projeto inicial, apresenta um valor base de 11,7 milhões de euros, mantendo as restantes condições.

[Consultar proposta da Câmara para novo concurso do Rossio]

“Estado obsessivo pela realização deste erro urbanístico e prejudicial para os Aveirenses” , acusa o movimento Juntos pelo Rossio

“Passados mais de 6 meses do fim do prazo para a candidatura do concurso público internacional para o Projeto do Jardim do Rossio e Ponte de Praça, vem o Executivo Municipal de Aveiro, na pessoa do Presidente José Ribau Esteves, referir que vai anular esse concurso lançado no passado dia 30 de Outubro de 2019 por um prazo de 60 dias, revogado por mais 22 dias adicionais; e lançar novo concurso público internacional, demonstrando, desta forma, um “estado obsessivo” pela realização deste erro urbanístico e prejudicial para os Aveirenses e para as micro e pequenas empresas da envolvente do Jardim do Rossio e Bairro da Beira-Mar, especialmente no período pandémico que se vive hoje!” (Continuar a ler comunicado do movimento ‘Juntos pelo Rossio’ – associação cívica).

Artigo relacionado

Aveiro: Novo concurso aumenta receios da oposição socialista com ‘buraco’ no Rossio

Publicidade, Serviços & Donativos