Avaria deixou navio-tanque sem carga à deriva na barra do Porto de Aveiro

885
Apoio a cargueiro em perigo na barra de Aveiro.

Um navio-tanque sofreu uma avaria que obrigou a atracar “de emergência” no porto de Aveiro, informa a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

O navio, com cerca de 90 metros de comprimento e 13 tripulantes a bordo, enfrentou problemas graves nas máquinas, acabando “por ficar à deriva e a abater em direção à barra devido às condições meteorológicas bastante adversas que se fazem sentir no local”.

Acabou por atracar de emergência no porto de Aveiro com auxílio de dois rebocadores.

O alerta foi dado pelas 07:42, tendo o Capitão do Porto ativado de imediato uma embarcação da Estação Salva-vidas de Aveiro.

Navio tentou fundear duas vezes ao largo do porto

Segundo uma nota de imprensa, “o navio tentou fundear duas vezes ao largo do porto de Aveiro, mas sem sucesso devido à forte agitação marítima no local”, tendo sido ativados dois rebocadores com o objetivo de auxiliar, mas “também não conseguiram sair a barra do porto de Aveiro devido às condições do mar.”

Assim, “o navio acabou por abater em direção ao porto de Aveiro, tendo sido possível já no interior da barra estabelecer os cabos de reboque e, com auxílio de dois rebocadores, atracar o navio em segurança no porto.”

Devido ao perigo da manobra, foi ativada uma aeronave da Força Aérea Portuguesa com o objetivo de efetuar o resgate dos tripulantes do navio em caso de encalhe, o que acabou por não se verificar.

Segundo a AMN, foi aberto um inquérito “para perceber o que esteve na origem da avaria, sendo que o navio vai ser inspecionado para aferir o seu estado de segurança para navegar.”

Navio esteve com a proa encostada ao molhe

O comandante do Porto de Aveiro, Humberto Silva Rocha, declarou à Agência Lusa que se viveram momentos de “muita aflição”, adiantando que o navio “esteve em vias de embater no molhe norte”.

Continuar a ler artigo via RTP.

Publicidade, Serviços & Donativos