Avançam expropriações urgentes para requalificar EN 235

2440
EN 235 (mapa).
Dreamweb 728×90 – Video I

O Governo colocou em marcha a expropriação por utilidade pública, e com urgência, de 12 parcelas no sul do concelho de Aveiro que são necessárias para as obras de requalificação da Estrada Nacional 235, que liga Aveiro a Oliveira do Bairro.

O edital hoje publicado em Diário da República com o despacho do Secretário de Estado das Infraestruturas refere-se, em concreto, aos trabalhos entre o km 7+360 e o km 9+900.

A Infraestruturas de Portugal (IP), a quem cabe suportar os encargos das expropriações, aprovou em fevereiro passado as plantas parcelares e o respetivo mapa de áreas relativo às parcelas de terreno necessárias à construção da obra, que ficam na freguesia de Nossa Senhora de Fátima.

Em passado, aquando de uma reunião pública da Câmara em Nossa Senhora de Fátima, o presidente da edilidade denunciou que a empreitada tinha esbarrado na “lentidão” da tutela contra a vontade da IP. Estariam em causa “bloqueios” impostos pelo Ministério das Finanças, por causa de cativação de verbas necessárias aos trabalhos.

Em maio do ano passado, a IP lançou a concurso aberto a requalificação do troço rodoviário da EN235 no acesso à A1 na zona de Mamodeiro por 2,2 milhões de euros. São quase três quilómetros de via em requalificação com a construção de uma rotunda no nó de acesso à auto-estrada.

A melhoria das condições de segurança é o foco da empreitada numa via que recebeu algumas obras de beneficiação pontual e que apresenta áreas de degradação ao nível do piso. Uma intervenção num troço de grande tráfego do eixo Aveiro – Oliveira do Bairro.

Publicidade, Serviços & Donativos