Autárquicas 21 / Aveiro: Chega defende baixa de impostos / PS quer menos trânsito no centro da cidade/ Músico Rui Oliveira é mandatário do BE

1126
Paços de Concelho, Aveiro.

O programa eleitoral da candidatura do Chega em Aveiro nas próximas eleições autárquicas irá assumir como um dos primeiro compromissos a redução da carga fiscal.

Isso mesmo adiantou Cândido Oliveira, cabeça de lista para a Câmara, 64 anos, na apresentação da candidatura realizada este sábado.

“O abaixamento dos impostos, com especial destaque para o IMI é uma das bandeiras a nível nacional e em Aveiro terá a sua maior expressão, é uma das das maiores bandeiras, porque temos em Aveiro um dos IMI mais elevados do país”, anunciou o candidato, militar na reforma.

Será a primeira vez que o Chega concorre a orgãos municipais no concelho de Aveiro.

A candidatura defende também que é necessário maior apoio municipal ao “importante polo cultural” que diz ter sido “deixado completamente ao abandono pelo executivo nas últimas décadas”, com seus agentes locais “esquecidos, principalmente em período pandémico em que mais necessitam”.

Para o cabeça de lista, que está ligado à atividade cultural como escritor e escritor, “não bastam distribuir um cheque muitas vezes irrisório para que conste nas agendas propagandísticas, é necessário um plano a médio e longo prazo para a dinamização da cultura em todo o concelho e não apenas na sede”.

Entre os outros temas que o Chega pretende lançar durante a campanha figuram o ambiente, a Ria de Aveiro, o turismo, as obras públicas (Rossio, Avenida).

Já a coligação Viva Aveiro (PS-PAN) continua a colocar na ordem do dia problemas da cidade. “Aveiro precisa de tirar os carros do centro urbano” é uma das conclusões retiradas da avaliação que a candidatura liderada por Manuel Oliveira de Sousa faz.

Numa informação partilhada ans redes sociais, a coligação defender a necessidade de “criar corredores verdes que permitam a circulação pedonal e ciclável de forma segura e acessível para todos, particularmente entre o centro urbano e as várias freguesias mais próximas (Esgueira, Aradas e São Bernardo)”.

Para isso, “é fundamental garantir condições para nos tornarmos um município distinto na Europa e no Mundo – através do exemplo”. PS e PAN estão dispostos a aproveitar” excelentes ideias” que são “apresentadas diariamente por pessoas da terra”

“Naturalmente que nada se constrói sozinho… E, num município como Aveiro, nada de relevante se fará enquanto se continuar a agir ignorando a extraordinária equipa promotora de ideias e boa-vontade que está espalhada por todas as Freguesias”, refere a coligação fazendo um apelo ao “trabalho em equipa”.

O Bloco de Esquerda de Aveiro anuncia hoje que Rui Oliveira é o mandatário da candidatura autárquica liderada por Nelson Peralta, candidato à Câmara.

“No momento que atravessamos são necessárias novas políticas para uma Aveiro solidária, assim como a inclusão de todos os cidadãos nas decisões que dizem respeito à vida em comunidade. Mais do que as grandes obras, é necessária uma nova dinâmica de participação e inclusão”, refere o músico citado em nota de imprensa do Bloco.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.