Autarquia promove projeto de estimulação cognitiva para seniores nas IPSS

1486
Assinatura do protocolo para o projeto “Memória Major 2”, em Ol. do Bairro.

O município de Oliveira do Bairro está a promover um “projeto de estimulação cognitiva a pessoas idosas com alterações neurocognitivas” em parceria com sete Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho.

O protocolo de colaboração envolve a Santa Casa da Misericórdia de Oliveira do Bairro, o Centro Social de Oiã, o Centro Ambiente para Todos, a SOLSIL, a AMPER, o Centro Social e Paroquial da Palhaça e a SóBustos.

A autarquia irá assumir 9.594 euros no projeto, que tem a duração de um ano, cabendo a cada uma das sete IPSS participantes o valor de 738 euros.

Aquando da assinatura do protocolo, a vereadora Lília Ana Águas, responsável pelo pelouro da Idade Maior, manifestou a sua “grande satisfação em perceber que este nosso desafio foi aceite pelas IPSS, construindo uma nova resposta conjunta para os seniores do concelho”.

O projeto “Memória Major 2” desenvolve um programa de estimulação cognitiva em grupo, a longo prazo, em pessoas com perturbações neurocognitivas que, neste caso, frequentam respostas sociais no concelho de Oliveira do Bairro, sendo avaliadas as alterações no estado cognitivo, no desempenho cognitivo e na sintomatologia depressiva.

O programa será composto por 47 sessões, cada uma com a duração de 60 minutos, e uma frequência semanal. Em cada instituição, os participantes que cumpram os critérios de inclusão serão selecionados para participar no programa de estimulação cognitiva, distribuídos em grupos de 6 a 10 participantes, conforme o grau de declínio cognitivo. A participação dos idosos é voluntária e o tratamento dos dados é confidencial.

Publicidade, Serviços & Donativos