Autarcas da região conheceram possível investimento em parque eólico offshore

1954
Imagem Windfloat-Atlantic (Viana do Castelo).
Smartfire 728×90 – 1

Apesar de não surgir explicitamente entre as cinco áreas submetidas a consulta pública, a região de Aveiro merece interesse de investidores em parques eólicos offshore.

Um aproveitamento energético proveniente de eletrogeradores montados sob estruturas flutuantes e ancoradas no fundo do mar ou em estruturas fixas no fundo do mar onde seja possível, como já está a ser explorado em Viana do Castelo.

Já se fazem as primeiras abordagens para aproveitar a abertura governamental para licenciar novos projetos de fontes de energias renováveis de origem ou localização oceânica (águas interiores marítimas, mar territorial e Zona Económica Exclusiva).

Representantes de um potencial investidor juntou-se, recentemente, num encontro com autarcas da Murtosa, Estarreja e Ovar, que contou também com o secretário-excutivo da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA).

Durante a reunião, foi apresentado o esboço de um “grande projeto de energia eólica offshore a localizar na costa”, transmitiu o presidente da Câmara vareira em recente reunião do executivo local.

Salvador Malheiro ressalvou que é “um projeto ainda em fase muito embrionária, mas que, a concretizar, irá um impacto económico e social muito significativo par a região”.

Artigo relacionado

Cinco áreas para renováveis no mar em consulta pública

O Sindicato dos Trabalhadores da Pesca do Norte (STPN) / CGTP alertou recentemente para possíveis implicações negativas dos parque eólicos no mar: “A proposta de encerramento de Zonas de Pesca para ocupação por parques eólicos irá colocar em causa a sobrevivência das comunidades piscatórias que, ancestralmente, utilizam para a faina da pesca as áreas que se pretende condicionar, bem como a nossa soberania alimentar”, lê-se na tomada de posição.

As indicações recolhidas pelo STPN apontam para um parque eólico “mais junto a terra, afetando os concelhos de Espinho e Ovar e ainda outro na costa em frente aos concelhos de Espinho, Ovar e Murtosa”.

Artigo relacionado

Parques eólicos offshore e a atividade piscatória

Proposta preliminar das áreas espacializadas

Proposta preliminar de novas áreas de implantação para energias renováveis

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.

Comercio 780