Atividades ao ar livre: Destinos a visitar na região da Ria de Aveiro

980
Pateira de Fermentelos.
Dreamweb 728×90 – Video I

No Centro de Portugal, a diversão é para toda a família e não faltam atividades ao ar livre! Aqui, junta-se o melhor do património histórico e natural da região para oferecer momentos de aprendizagem, contacto com a natureza e muita animação.

Na região da Ria de Aveiro, o site do Turismo Centro de Portugal destaca, entre outros destinos a visitar, a “abundância de aves aquáticas”, considerado “um verdadeiro paraíso para amantes de birdwatching”.

Começamos por ordem alfabética: Águeda.
Da Pateira de Fermentelos – a maior lagoa natural da Península Ibérica – passando pelos Rios ÁguedaAlfusqueiroCértimaMarnel e Vouga, pelos Parques Fluviais e de Lazer e pelos vários Percursos Pedestres, são muitas as opções para passear e desfrutar da natureza no concelho de Águeda.

Em Albergaria-a-Velha, terra de água, pão e moinhos, a Pateira de Frossos insere-se no importante sistema lagunar da Ria de Aveiro. Representando um valioso recurso turístico, exibe uma inigualável biodiversidade de espécies e vegetação que poderá observar ao longo de vários trilhos e percursos devidamente sinalizados.

Depois, continue a exercitar o corpo e a mente. Usufrua dos recursos que Anadia coloca à sua disposição – Campo de Golfe, courts de ténis, equitação, passeios pedestres e de bicicleta, piscinas, hidromassagem, sauna, teatro, cinema, literatura, património, entre tantos outros.
Quer sentir a adrenalina dos atletas de alta competição? Assista aos campeonatos e provas nacionais e internacionais no Centro de Alto Rendimento – Velódromo Nacional e pistas de BMX e XCO.

Seguimos para Aveiro. Aos amantes da Natureza sugerimos os Passadiços de Aveiro para apreciar a paisagem lagunar, e os trilhos pedestres da Reserva Natural das Dunas de São Jacinto.
Tanto em mar como em terra, são inúmeras as atividades e experiências que poderá realizar em família. Visite as marinhas de sal para ver in loco a produção e recolha do sal, experimentar um spa salínico ou até mesmo fazer praia. Pratique desportos náuticos e passeie na Ria de Aveiro. As famílias com crianças poderão realizar um jogo de realidade aumentada e geocaching virtual para conhecer o Parque Infante D. Pedro ou efetuar uma visita guiada ao parque temático “Lugar dos Afetos”.

ria aveiro aves

Dê um pulo até Estarreja, mas venha com tempo. Aqui, há muito para ver! Perca-se no Baixo Vouga Lagunar. Cruze campos de arroz, sapais, juncais e caniçais. O silêncio impõe-se para ouvirmos o som de aves, como a imponente Garça-branca-grande de plumagem branca e bico comprido e amarelo.

Também em Ílhavo, a observação das aves propicia momentos diferentes e únicos. Nos canais praticam-se desportos náuticos. Nas praias da Barra e da Costa Nova, o mar junta-se à terra de forma singular, sob a luz, a cor e a referência do Farol e dos Palheiros da Costa Nova.

Todos os Município da Ria de Aveiro, possuem uma relação ancestral com a água. A Murtosa não é exceção! Mais de 82% do território está inserido na zona de proteção especial da Ria de Aveiro, o que o torna numa verdadeiro paraíso para o birwatching.
E porque estamos no concelho mais plano de Portugal, deixamos-lhe um convite irrecusável: deixar o carro para trás e percorrer, a pé ou de bicicleta, os belíssimos trilhos que, ao longo de dezenas de quilómetros, bordejam a Ria e atravessam a imensidão dos campos agrícolas.

Em Oliveira do Bairro, marinhas de arroz e parques à beira rio não faltam. Os parques de lazer dispõem de inúmeras áreas de descanso, baloiços, lagoas, sendo excelentes locais para convívios, eventos, caminhadas, piqueniques, observação de aves e da flora e ainda atividades culturais e sociais, reunindo todas as condições para um dia bem passado.

Ovar é destino privilegiado para quem procura o prazer da atividade física e desportiva ao ar livre, e as vivências que a náutica oferece, de modo integrado e qualificado. Há surf, vela, canoagem e passeios de stand up paddle para praticar, competir ou experimentar. E há 60 km de ciclovias, 6 km de passadiços e muitos mais de percursos pedonais que permitem ir à descoberta de pequenos ecossistemas, fauna e flora autóctones, e paisagens deslumbrantes.

Sabia que o Município de Sever do Vouga, realiza visitas orientadas pelas Minas da Malhada e do Braçal? É uma experiência fantástica! Ao longo de cerca de 5km, ora na margem refrescante do rio Mau ora na antiga linha de vagonetas, o visitante será guiado pela história e pelas estórias da 1ª concessão mineira de Portugal, incluindo uma visita a uma antiga galeria, ao forno alto e ao Museu Municipal.

Em Vagos pode caminhar ao longo de 5 km de passadiços de madeira sobre o cordão dunar. Pode deslocar-se de bicicleta entre o seu alojamento e a praia e ter acesso a aulas de ginástica, dança e outra animação durante os meses de verão, na praia da Vagueira. Se preferir um programa mais tranquilo, encontra rotas pedestres e pontos de observação de aves protegidas que nidificam e ocupam esta zona. Para descansar, nada como caminhar pela Quinta do Ega ou fazer um piquenique nas mesas coloridas do parque de merendas na Gafanha da Boa Hora.

 

Continuar para ler artigo completo no site do Turismo Centro de Portugal.

Publicidade, serviços e donativos

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços em NotíciasdeAveiro.pt.

Aceder a plataforma online.

O Notícias de Aveiro tem canais próprios para informação não jornalística como é o caso deste artigo »» ler estatuto editorial.