Albergaria-A-Velha: Centro Interpretativo da Pateira de Frossos apontado para 2020

494
Pateira de Frossos, Albergaria-A-Velha.
Smartfire 728×90 – 1

A organização de “eventos especializados de Turismo de Natureza/ Aventura” é uma das apostas do município de Albergaria-A-Velha para 2020.

Isso mesmo é assumido na vertente de “turismo e património” das Grandes Opções do Plano (GOP) aprovadas pela edilidade.

O executivo assume o turismo “enquanto recurso estratégico do concelho”, que “continuará a ser potenciado”, pretendendo-se levar a efeito “várias iniciativas”, nomeadamente “a organização de eventos especializados de turismo de Natureza/ Aventura”.

A autarquia anuncia a criação de uma agenda local de eventos de vocação turística e outras medidas, que passam pela “mobilização de esforços para o aumento da oferta hoteleira” e a “qualificação dos cursos de água concelhios.”

Está previsto a elaboração de material informativo e de promoção do município, “o desenvolvimento” da Rota dos Moinhos e “a contínua criação e manutenção de percursos pedestres”.

O plano aponta ainda para “a dinamização do Centro de Atividades Radicais e Ambientais em Vilarinho de São Roque” e outras atividades como a campanha arqueológica do Monte de S.Julião.

“Pretende-se também em 2020 iniciar o processo de criação do Centro Interpretativo da Pateira de Frossos, a colocação de postos de observação de aves e a dinamização dos percursos do Baixo Vouga”, refere a Cãmara.

Artigo relacionado

Albergaria-A-Velha: Zona industrial e parque da cidade são prioridades de investimento para executar em 2020

Publicidade, Serviços & Donativos