AIDA capacita empresários para o advento da ‘indústria 4.0’

332
Fábrica da Bosch, Ovar.

A Associação Industrial do Distrito de Aveiro (AIDA) está a desenvolver ações para “reforçar a capacitação empresarial das PME” que permitam a “aceleração” da chamada ‘indústria 4.0’, inclusão na economia digital e a criação de clubes de fornecedores que potenciem a inovação e internacionalização.

Para isso, os empresários da região contam com o projeto ‘PME QUALIFY’, que recebeu apoio do programa COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas, envolvendo um investimento elegível FEDER de 626 mil euros, o que resultou num incentivo FEDER de cerca de 532 mil euros.

Da análise SWOT efetuada ao tecido empresarial de Aveiro resultou, como fraqueza uma cultura ainda deficitária no que ao trabalho em equipa se refere que se relaciona, em parte, com a falta de preparação de empresários e gestores nos domínios abrangidos. Acresce a insuficiente qualificação ao nível da gestão de informação.

“Com o ‘PME QUALIFY’ pretendemos apostar no reforço das capacidades de organização e gestão das PME, através da realização de acções que sensibilizem, orientem e fomentem a inclusão das micro e PME na economia digital, para a importância da indústria 4.0 e da incorporação tecnológica nos modelos de negócio, bem como para a sua integração e participação em redes de cooperação”, explicou Elisabete Rita, diretora-geral da AIDA, citada na newsletter do programa COMPETE 2020.

Ler artigo completo