Águeda requalifica edifício cultural e parque da Alta Vila

1015
Casa do Cancioneiro, Águeda.
Smartfire 728×90 – 1

O município de Águeda prepara o início, no terreno, de uma das suas principais obras no sector cultural.

A reabilitação dos edifícios da Orquestra Típica, Cancioneiro e Conservatório, bem como do espaço exterior envolvente, foi adjudicada.

O projeto está orçado em 1.019.983 euros, com um prazo de execução de 120 dias.

Está previsto a reabilitação de edifício contíguo à Casa do Adro que é utilizado para fins culturais e enfrenta “problemas estruturais” que careciam de melhoramentos.

A intervenção permitirá, assim, renovar as instalações do Conservatório e a casa de ensaios do Cancioneiro.

“Localizado no centro da cidade é um espaço de grande relevância no contexto das dinâmicas culturais de Águeda”, refere a edilidade.

A obra ocorrerá numa área de aproximadamente 750 metros quadrados, distribuída por dois pisos.

Outra prioridade do município que registou avanços é a anunciada requalificação do Parque da Alta Vila.

Uma empreitada de 1,1 milhões de euros para executar em 300 dias.

A Câmara decidiu proceder a “uma intervenção profunda no principal parque urbano da cidade”, com uma qualificação “ao nível da organização dos espaços” de forma a ser integrado no tecido urbano existente, “anulando a sua imagem de espaço murado e isolado da cidade envolvente”.

No projeto integra-se ainda o tratamento do arruamento sul, essencial a esta integração com a zona baixa da cidade, dado que corresponde a um espaço de suporte ao terreno.

A intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 35000 metros quadrados.

Publicidade, Serviços & Donativos