Águeda: Jorge Almeida reconhece que PSD foi o partido “mais construtivo e com soluções”

332
'Juntos por Águeda'.
Dreamweb 728×90 – Video I

A coligação ‘Juntos por Águeda’ apresentou a recandidatura de Jorge Almeida à presidência da Câmara, que há quatro anos liderou o movimento independente ‘Juntos’. O novo mandato recebeu o apoio do PSD e Movimento Partido da Terra (MPT).

Um acordo pré-eleitoral que permitiu “agregar vontades e pessoas, mesmo de algumas que tiveram no passado opiniões divergentes das nossas, mas agora entendem que é tempo de convergência e não de divergência”, como disse Jorge Almeida nas primeiras palavras como candidato a novo mandato, esta quarta-feira, em que foi apresentado também o advogado Filipe Almeida como número um para a Assembleia Municipal.

Depois de ter sido autarca de freguesia (Macinhata do Vouga) eleito pelo CDS e vereador das maiorias camarárias PS lideradas por Gil Nadais, o enfermeiro que conquistou a presidência pelos ‘Juntos’ em 2017 tem agora o apoio do PSD local e do MPT.

“Juntos podemos fazer melhor, conduzir Águeda a novo patamar”, referiu na apresentação, considerando “um ato de normalidade política” a existência de coligações, “sobretudo nas autarquias, onde o que mais conta são as pessoas” e “ninguém perde a identidade,antes constrói algo de novo.”

“A oposição quando se ouve apenas quer destruir, não foi o caso do PSD na Assembleia Municipal, que foi o mais construtivo e com soluções. Quando o PSD se quis associar, a decisão foi fácil, somos abertos e agregadores. O diálogo conjunto abre novas oportunidades”, afirmou Jorge Almeida.

O candidato lembrou que “não de agora” o seu apelo à união. “Independentemente da cor política”, disse que trabalhou “sempre em defesa dos interesses de Águeda, assumindo-se “como autarca, muito mais do que um político.

Além de Jorge Almeida, são conhecidos mais três candidatos à Câmara de Águeda: Cláudia Afonso (BE), Antero Almeida (CDS) e Francisco Vitorino (PS).

Discurso direto

“Apesar das dificuldades da pandemia, sentimo-nos a fazer e a construir. Fizemos bem, honrámos os nossos compromissos, as obras e realizações estão à vista, só não vê quem não quer. Até os mais distraídos terão dificuldades em não ver a evolução. Roma e Pavia não se fizeram num dia, vai haver sempre muito por fazer.. Seria muito interessante os críticos assumirem o bom trabalho que fizemos e fizemos tanto.
O principal foco daqui para a frente vai ter ser mesmo o habitação, o maior desígnio, essencial para potenciar Águeda, criar condições para quem quer viver e trabalhar cá” – Jorge Almeida, cabeça-de-lista para a Câmara.

“Os tempos que vivemos, de emergência social, são de enorme desafio, apelam à convergência política, com discurso positivo e sinal de esperança num futuro melhor. Queremos um projeto político que una verdadeiramente não apenas em torno da ideologia, mas numa vontade imensa para continuar a afirmar Águeda no contexto regional e nacional. Juntos temos melhores condições, valorizando o que se fez. Existe muito mais a implementar, mais cidadania e uma gestão mais eficiente em todo o território” – Luís Tendeiro, presidente do PSD de Águeda.

“A candidatura de Jorge Almeida permite a consolidação da paisagem política no concelho, dando continuidade a uma agenda humanista e ecologista. Lutaremos para que a qualidade de vida se traduza em mais espaços verdes, na redução de poluição, um novo desenvolvimento urbano humanamente sustentável” – Pedro Soares Pimenta, presidente do MPT.

“O que se passa é digno de registo, as pessoas souberam reconhecer o mérito de quem está no poder e preparar juntos um projeto ganhador, que vai promover a qualidade de vida dos aguedenses. Águeda é um município de referência. Tem a obrigação de continuar na senda do progresso. Águeda vai ganhar por ter uma Câmara suportada por um grande partido, nas ‘guerras’ que vai poder vencer na região, o ‘Polis 2’, o ‘Aveiro-Águeda’, não pode perder tempo. O que conta são as pessoas, não há gente do PSD ou dos Juntos, há um apelo à união, à congregação de esforços para ter a 26 de setembro uma grande vitória, é Águeda que vai ganhar” – Salvador Malheiro, presidente da distrital do PSD de Aveiro.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.