Adiado julgamento de mulher que esfaqueou mortalmente o marido

620
Tribunal de Aveiro.

O julgamento da mulher residente na Murtosa que assassinou o marido, em maio do ano passado, que estava previsto para a manhã desta quinta-feira, foi adiado por razões de saúde pública (covid-19).

O Tribunal de Aveiro vai agendar o início da audiência para nova data.

A arguida, que está acusada de homicídio qualificado, muniu-se com uma faca de cozinha, com lâmina de 21 cm e esfaqueou a vítima com 16 golpes.

Após as agressões, a alegada autora abandonou a residência e refugiou-se na residência da mãe.

A mulher mantém-se sujeita à medida de coação de internamento preventivo.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.