A luta dos professores pela defesa da escola pública

836
Foto FNE.
Dreamweb 728×90 – Video I

Importa, desde logo, tratar bem os que cá estão, que se sentem desmotivados e desconsiderados.

Por Isabel Arribança *

Águeda vai ser palco, dia 27 de março, da iniciativa intitulada “Querem melhorar a educação? Tratem bem os que cá estão!”. Trata-se de hastear uma bandeira gigante que está a percorrer o país, que será assinada pelos docentes, em defesa da escola pública e da valorização da profissão

O Sindicato dos Professores da Zona Centro e a Federação Nacional de Educação estão a concretizar uma atividade a nível nacional em prol dos docentes e da Escola Pública.

O distrito de Aveiro irá acolher esta atividade, que envolve uma bandeira com a referência “Querem melhorar a educação? Tratem bem os que cá estão!”.

A ideia consiste em dar oportunidade aos docentes de exprimir a sua indignação de forma muito pessoal, assinando a bandeira.

A 27 de março, pelas 9:00, a bandeira será desfraldada junto à sede do Agrupamento de Águeda Sul (Escola Secundária Marques Castilho).

Às 10:30 horas, a mesma ação será realizada junto à Escola Secundária Adolfo Portela.

Pelas 14:00, encerraremos a iniciativa junto à sede do agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga

O objetivo é tornar visível a luta dos professores pela defesa da escola pública.

Importa, desde logo, tratar bem os que cá estão, que se sentem desmotivados e desconsiderados.

É necessário acabar com a precariedade, o andar anos a fio com a casa às costas. É fundamental dar incentivos para a deslocação e o alojamento.

Importa valorizar os vencimentos e criar condições dignas e justas na ida para a aposentação. Urge alterar o processo de avaliação do desempenho, acabando com as quotas e as vagas no acesso ao 5.º e 7.º escalões.

É preciso atrair novos professores: com a onda de aposentações que está em curso, corremos o sério risco de não ter colegas suficientes para dar resposta às necessidades. Não se pode também esquecer a recuperação do tempo congelado.

Sendo a Educação um pilar fundamental para o desenvolvimento do país, é imperativo exigir o necessário investimento que mitigue e elimine os graves problemas que afetam o sector.

* Coordenadora da Direção Distrital de Aveiro da SPZC.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.