A extravagância de uma despesa supérflua

728
Imagem RTP.
Dreamweb 728×90 – Video I

Mais um escândalo a juntar a muitos outros que se vão sucedendo e acentuando o descalabro funcional da sociedade portuguesa.

Por Brasilino Godinho *

Há notícia de que o altar/palco onde o Papa vai celebrar missa durante o Encontro Mundial da Juventude, em Lisboa, custará 4,2 milhões de euros.

Acrescente-se mais os encargos decorrentes da preparação e funcionamento do Encontro, e a factura respectiva atingirá uma soma de mais milhões de euros.

Informa a imprensa de que a Câmara Municipal de Lisboa contrai um empréstimo de 15,3 milhões de euros para pagar os custos da realização do Encontro. Incrível! Deplorável! Escandaloso!

Um País que está endividado e em que não há dinheiro para satisfazer as necessidades básicas da Administração, da Saúde, do Ensino, da Segurança Social, permite-se o luxo e a extravagância de uma despesa supérflua de mais de 15 milhões de euros.

Trata-se de uma realização faustosa, indecente, descabida numa época de tanta penúria em que a nação se confronta com inúmeras crises e imensas dificuldades.

É dramático que haja tanta insensatez e a Câmara Municipal de Lisboa cometa a leviandade de patrocinar tal evento.

Por isso se dirá que é mais um escândalo a juntar a muitos outros que se vão sucedendo e acentuando o descalabro funcional da sociedade portuguesa.

Confrange este quadro de desgovernação e de patética demonstração de desvario social.

* Doutorado em Estudos Culturais, autor. https://www.facebook.com/brasilino.godinho

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.