Cerâmica em Vagos abre nova unidade fabril e prevê empregar 150 pessoas

734
Imagem do site da Grestel.
Smartfire 728×90 – 1

A empresa de cerâmica Grestel, em Vagos, no distrito de Aveiro, vai investir 13 milhões de euros na construção de uma nova unidade fabril na zona industrial da Mota, em ílhavo, prevendo criar 150 postos de trabalho.

Fundada em 1998, a Grestel emprega atualmente 860 trabalhadores e exporta 95% da sua produção, refere uma notícia da Agência Lusa.

Continuar a ler artigo via RTP.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.