13 mortos e 4376 infetados por Covid-19 em 24 horas / Menos 103 casos ativos no Baixo Vouga

664
Agendamento de testes Covid-19 (arquivo).

O boletim diário regista o número de óbitos mais alto desde 22 de março e o total de novos casos ultrapassa o máximo de 10 de fevereiro.

Ficaram internados mais 13 doentes (867), mas ocorreu uma descida nas Unidades de Cuidados Intensivos (menos seis, num total de 171).

A incidência de covid-19 voltou a subir, situando-se agora nos 409 casos por 100 mil habitantes no território nacional e 421,3 no Continente. Já o R(t), o índice de transmissibilidade, continua em descida, agora é de 1,09 na globalidade do território nacional e no Continente.

Lisboa e Vale do Tejo tem mais 1744 casos, seguindo-se o Norte com 1592 e o Centro com 430.

As 13 mortes ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo (10), no Algarve (uma), no Alentejo (uma) e nos Açores (uma).

Menos 103 casos ativos no ACeS do Baixo Vouga

No Agrupamento dos Centros de Saúde (ACeS) do Baixo Vouga, a semana começou com 739 casos ativos, registando-se menos 103 (a maior redução desde 9 de março)

Em vigilância, estavam esta segunda-feira 5203 (menos 23).

Ao todo, desde o início da pandemia, o número de infectados nos 11 concelhos é agora de 28432 (mais 280).

Por concelhos, Aveiro estava no início da semana com 229 casos ativos (menos 47), seguindo-se Agueda com 100 (mais 3) e Albergaria-A-Velha com 81 (sem alterações).

Os óbitos mantiveram-se sem alterações (842).

Segundo o último ponto de situação do Governo, de quinta-feira passada, Aveiro, Ílhavo, Albergaria-A-Velha e Vagos encontram-se em risco muito elevado de contágio.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.