Vougapark integra rede de coworking e teletrabalho dos territórios do interior

321
Vougapark, Sever do Vouga.

A incubadora de empresas do Vougapark, em Sever do Vouga, vai acolher um novo espaço dedicado ao coworking e teletrabalho.

O município severense foi um dos contemplados pelo Governo com este apoio para “a dinamização dos territórios do interior.”

Um protocolo nesse sentido foi celebrado, recentemente, na presença da Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Para António Coutinho, presidente da Câmara de Sever do Vouga, trata-se de “mais um apoio ao tecido empresarial severense” que “atesta a elevada qualidade da incubadora de empresas municipal”.

O Vougapark é uma das primeiras entidades a beneficiar do programa governamental, esperando-se que possa “atrair mais investimento para o concelho, posicionando Sever do Vouga como um destino empresarial de excelência e amigo do investimento”.

Os espaços de coworking e teletrabalho

» Espaços de teletrabalho ou coworking com bancadas livres / espaços de trabalho sem atribuição de lugares ou quaisquer restrições;

» Destinam-se a períodos de ocupação breves, incluindo simplesmente uma superfície para o laptop, tablet ou smartphone com fonte de alimentação para recarga das baterias destes equipamentos;

» Pods: correspondem a um tipo de bancada mais consolidado, com limitação do número de pessoas – normalmente entre três e seis – sendo espaços que, pela sua disposição, promovem a proximidade necessária ao networking e colaboração. Na mesma sala, podem ser criados pods com temáticas diferentes, destinados a cada área de trabalho em particular;

» Espaços privados de colaboração: exigem maiores áreas dedicadas, sendo a aposta típica para grupos de trabalhadores que pretendem trabalhar em ambiente controlado e sem interrupção (por exemplo de empresas em fase de arranque, empresas de pequena dimensão ou grupos de estudo).

Publicidade, Serviços & Donativos