Vougapark dinamiza ´StartUP Voucher´ para crescer

298
Vougapark, Sever do Vouga.
Smartfire 728×90 – 1

Centro de inovação tem 25 projetos empresariais, na sua maioria de cariz start up, encontrando-se próximo do limite da sua capacidade.

O complexo Vougapark, em Sever do Vouga, atingiu os 25 projetos empresariais, na sua maioria de cariz start up, estando próxima do seu limite atual.

Segundo informação prestada pela direção, aquela área de acolhimento empresarial com incubadora e espaços vocacionados para Investigação & Desenvolvimento gerou no ano passado 150 postos de trabalho.

Com quase mil metros quadrados, está dotada de 20 gabinetes individuais e um espaço co-working com capacidade para acolher 30 empresas.

Instalado na antiga ´fábrica das massas´ VougaPark, o Vougapark tem vindo a incentivar o aparecimento de novas atividades locais, desde os serviços, passando pelas tecnologias e indústria.

Até 10 de setembro, os empreendedores têm a possibilidade de apresentar candidaturas para o ´StartUP Voucher 2018´, uma iniciativa estatal que apoia o desenvolvimento de projetos empresariais que se encontrem em fase de ideia.

Os selecionados beneficiam durante 12 meses de uma bolsa mensal, programa de mentoria e acompanhamento individualizado pelos serviços do centro de inovação.

Desde junho passado, o Vougapark acolhe, através da empresa MWS Group, uma das incubadas, a primeira fase de cursos inovadores de formação em soldadura que recorrem a simulador de realidade virtual aumentada.

Um programa para captação de novos profissionais com envolvimento do grupo de metalomecânica A. Silva Matos, uma das principais industrias do concelho severense.