Vale de Cambra: Colep pronta a industrializar ‘eco-cápsulas’ de café

1274
Imagem projeto Eco-Cápsula.
Dreamweb 728×90 – Video I

Estima-se que, por ano, se produzam mais de 50 mil milhões de cápsulas de café e que cerca de 75% delas acabem em aterros.

Revista Intermetal *

Um problema que mereceu a atenção da Colep Packaging, empresa com sede em Vale de Cambra, norte do distrito de Aveiro – uma das mais relevantes do mercado de aerossóis na Europa e líder ibérico de embalagens general line – , que desafiou o INEGI a desenvolver uma solução para mitigar o impacto ambiental deste produto.  A nova cápsula é produzida em aço ultrafino e 100% recuperável pelos sistemas convencionais de recolha e reciclagem, sem necessidade de recolha especial ou alteração dos sistemas de tratamento.

Assim nasceu o projeto Eco-Cápsula, que conta também com o apoio da NewCoffee, um dos principais operadores do mercado de café em Portugal. O objetivo foi desenvolver cápsulas metálicas, em aço ultrafino e 100% recuperáveis pelos sistemas convencionais de recolha e reciclagem, sem necessidade de recolha especial ou alteração dos sistemas de tratamento.

Discurso direto

“O grande avanço face às soluções existentes em alumínio ou polímero, será a reciclagem plena, ou seja, sem necessidade de programas específicos de recolha seletiva ou trabalhos adicionais para a sua reciclagem. As propriedades ferromagnéticas do material escolhido facilitam essa tarefa e as soluções inovadoras de fragilização seletiva permitiram ultrapassar as limitações habituais da utilização destes materiais neste tipo de aplicação” – Carlos Pinto, responsável pelo projeto no INEGI.

» As novas cápsulas foram desenvolvidas para serem compatíveis com as máquinas de café Nespresso, mas também com outros equipamentos e cápsulas;

» O conceito de economia circular foi a pedra basilar do projeto, e pretendeu-se demonstrar que é possível encontrar uma solução viável, a nível ambiental e económico, para a reutilização dos resíduos.

Ler artigo completo.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.