Vale de Cambra: Casa do Guarda recebe Centro Interpretativo da Freita

1053
Serra da Freita, Vale de Cambra.
Smartfire 728×90 – 1

O Centro Interpretativo da Serra da Freita surge para “dar nova alma e vida à casa do guarda florestal” de Vale de Cambra.

O futuro pólo de dinamização turístico ficará instalado na antiga casa do guarda florestal na União das Freguesias de Vila Chã, Codal e Vila Cova de Perrinho.

A empreitada de requalificação do edifício foi adjudicada por 175.200 euros, com um prazo de execução de 180 dias.

Ao todo, o investimento deverá ascender aos 280 mil euros.

A Câmara decidiu restaurar um edifício “estrategicamente localizado e pleno de significado, conferindo-lhe uma nova função, de índole sociocultural aberta à comunidade e aos visitantes.”

O Centro Interpretativo da Freita irá divulgar o património material e imaterial local, com recursos multimédia, com percurso de visita guiada que dê a conhecer as compontentes ambiental e paisagística da zona serrana.

“A Casa do Guarda, como é conhecida, assume-se há muito com um fator imprescindível na estratégia que queremos para o turismo em Vale de Cambra. Estou certo de que, com a aprovação deste projeto, um novo desafio se abre, valorizando e potenciando uma faceta importantíssima que é a Natureza do nosso território”, refere José Pinheiro, presidente da Câmara, citado na edição mais recente da revista Montanhas Mágicas, que é publicada pela ADRIMAG.

Publicidade, Serviços & Donativos