Vale de Cambra: Associação adjudica construção de lar para cidadãos deficientes

849
AVPACD.
Smartfire 728×90 – 1

A Associação Valecambrense de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente (AVPACD) adjudicou a empreitada de remodelação e construção do edifício-sede no lugar de Lordelo.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Uma obra que vai custar, de acordo com o contratado, quase 2,5 milhões de euros, tendo apoio do Plano de Recuepração e Resiliência (PRR).

O edifício-sede inclui espaços para Centro de Atividades e Capacitação para a Inclusão (CACI) e lar residencial que irá acolher pessoas portadoras de deficiência ou incapacidade.

O prazo de execução é de 731 dias.

Cinco empresas concorreram à empreita que tinha como preço base de 2,802 milhões de euros.

A AVPACD, fundada em 1991, é a única instituição concelhia vocacionada para a população com deficiência.

Atualmente, possui duas respostas sociais: Um Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) para 20 jovens e o Centro de Formação Profissional (CFP) para 24 formandos.

O edifício-sede, além do futuro lar residencial, prevê o alargamento da resposta CAO.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.

Comercio 780