Vagos: “O Afonso Alerta” para a prevenção balnear

800
Meios do ISN.
Comercio 780

Foi, com amplo enquadramento dos meios de salvamento, técnicos e humanos, disponibilizados pelo Município de Vagos para a época balnear, que mais de um milhar de jovens estudantes do concelho assistiu ao lançamento da campanha “O Afonso Alerta”.

O Pavilhão Municipal de Vagos acolheu nesta terça-feira, dia 6 de junho, a apresentação da campanha de prevenção “O Afonso Alerta” que juntou mais de 1000 estudantes do 3º ciclo e do ensino secundário das escolas do concelho de Vagos, subdivididas pelo Agrupamento de Escolas de Vagos, Colégio Nossa Senhora da Apresentação de Calvão e Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos.

No que concerne ao enquadramento que promoveu o nome à campanha, o mesmo é uma homenagem ao jovem Afonso Cardoso que sucumbiu no dia 14 de junho de 2022 no mar da Vagueira. Uma homenagem que se pretende transformar numa oportunidade para que outros jovens possam absorver as mensagens de precaução e respeito pelo meio marítimo que foram veiculadas pelos diversos interlocutores presentes.

O primeiro a tomar a palavra foi o Coordenador Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de Vagos, Miguel Sá que, com o recurso a imagens, salientou a necessidade imperiosa de os jovens presentes frequentarem praias vigiadas, respeitando a sinalização das bandeiras. Uma atenção especial foi dada à questão dos agueiros e ao comportamento que é necessário ter sempre que alguém se encontre nesta situação, tal como ao facto de, em caso de emergência, ser importante chamar o nadador-salvador ou ligar no imediato o 112. O uso de protetor solar e a necessidade de hidratação constante em dias de calor foram também pontos que foram focados, assim como a preocupação cívica e ambiental de não poluir as praias e o mar.

Os estudantes presentes ouviram atentamente estas recomendações que foram secundadas nas intervenções dos representantes da comunidade educativa, nomeadamente com o professor António Filipe da EPADRV a reconhecer o “ímpeto e aventureirismo da juventude, mas que deve ser equilibrado com o necessário respeito pelos agentes da natureza, mormente o mar, e para com todas as indicações que são dadas pelos nadadores-salvadores e restantes autoridades que, a serem cumpridas, podem salvar vidas”. Pelo mesmo diapasão alinhou o diretor do Colégio Nossa Senhora da Apresentação de Calvão, sublinhando que “respeito é mesmo a palavra a utilizar em termos de

prevenção”, recordando que “tudo o que existe pode servir para efeitos, simultaneamente, positivos ou negativos, dependendo do uso que cada um de nós lhe queiramos dar”. Lembrou a tragédia de 14 de junho de 2022, desejando “que tal não volte a suceder, sendo que tal só acontecerá se todos cumprirem as medidas de prevenção”. Por seu turno, Hugo Martinho, diretor do Agrupamento de Escolas de Vagos, enfatizou, igualmente a necessidade do “cumprimento escrupuloso de todas regras de segurança, na fruição das praias nesta época balnear que está prestes a começar”. Acrescentou também que “tem existido, ao longo do tempo, uma preocupação de todos os alunos saberem nadar e frequentarem aulas de natação”. O Capitão de Fragata Vítor Conceição Dias, que é Comandante da Capitania do Porto de Aveiro, focou a sua intervenção “no perigo que representam os agueiros, como os identificar e o comportamento que se deve ter numa situação deste tipo”, sendo que a cerimónia terminaria com o Presidente da Câmara Municipal de Vagos, Silvério Regalado, a explicar “o nome da campanha, que resulta de uma promessa feita à família do Afonso, para que a tragédia que ele sofreu possa, de alguma forma, contribuir para que outros jovens possam ficar mais sensibilizados e, assim evitar situações de risco”.

A campanha “O Afonso Alerta” vai estar constante durante toda a época balnear, e norteará toda a estratégia de prevenção no que à boa utilização das praias diz respeito daqui em diante, nomeadamente com ações diretas junto da comunidade escolar.

Câmara de Vagos

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.