UA instala laboratório nacional para a rastreabilidade de pescado e aquacultura

831
Antiga depuradora da Docapesca, Ílhavo.
Smartfire 728×90 – 1

A criação do Laboratório Nacional para a Rastreabilidade dos Produtos da Pesca e Aquicultura, apresentado pela Universidade de Aveiro (UA), entidade promotora, como uma “estrutura única no país que permitirá prestar serviços às empresas e atestar a origem geográfica e os métodos de produção de bens alimentares de origem marinha”, assegurou financiamento através do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

O futuro equipamento estará, “previsivelmente” em funcionamento em 2025, informa Ricardo Calado, investigador do Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) e do Departamento de Biologia da UA, citado em nota de imprensa.

O laboratório constituirá uma das duas vertentes do CITAqua – Centro de Inovação e Tecnologia em Aquacultura, projeto integrado na ‘Componente 10 (Mar)’ do PRR, uma iniciativa do designado ‘Hub Azul – Rede de Infraestruturas para a Economia Azul’, ao abrigo do qual o Polo de Aveiro (H4) receberá um apoio de 7 milhões de euros.

A futura terceira unidade do ECOMARE – Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da UA, criado na Gafanha da Nazaré, Ílhavo, e será instalada na antiga depuradora de bivalves, no recinto da Docapesca, “em estreita articulação com a Administração do Porto de Aveiro.”

No ECOMARE funciona ainda o Centro de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (CPRAM) e o Centro de Extensão e Pesquisa em Aquacultura e Mar (CEPAM).

O apoio de sete milhões de euros será para a instalação e criação da estrutura, mais concretamente, na reabilitação e adaptação do edifício da antiga depuradora, na aquisição de equipamento, contratação de dois investigadores e dois técnicos superiores.

“Este investimento contribui para a implementação da estratégia da Universidade de Aveiro para o desenvolvimento de modelos sustentáveis de valorização dos recursos vivos marinhos, em linha com a Estratégia Nacional para o Mar e a visão europeia para a Bioeconomia Azul”, refere o comunicado.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.