UA coordena dados da Agência Espacial Europeia (ESA) para monitorizar a erosão costeira europeia

432
Praias de Ílhavo.
Dreamweb 728×90 – Video I

Costa da Caparica, onde a linha de praia tem recuado cerca de 2,5 metros por ano. O areal entre a Lagoa de Óbidos e a praia do Baleal, com uma tendência de recuo em cerca de 2,1 metros por ano. Preocupantes são também as taxas de recuo da costa entre Troia e Sines e vários pontos da costa Algarvia. Estes são alguns dos pontos de erosão costeira nacional detetados pelo Space for Shore.

Trata-se de um inédito programa lançado pela Agência Espacial Europeia (ESA) para monitorizar a erosão costeira europeia a partir do espaço, e que tem na Universidade de Aveiro (UA) a coordenação em Portugal.

Continuar para ler artigo do site UA.pt.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.