Trio julgado por tráfico de droga em silêncio no tribunal

1143
Tribunal de Aveiro.

Três pessoas acusadas de tráfico de droga, no concelho de Ílhavo, remeteram-se ao silêncio no início do julgamento, esta manhã, no Tribunal de Aveiro.

A atividade era liderada por um casal que vendia produto estupefaciente a consumidores (droga e cocaína) a partir da residência, na zona da Igreja da Gafanha da Encarnação.

A mulher, de 57 anos, atualmente em prisão preventiva, mariscadora que também recolhida sucata, e o companheiro desta à data dos factos, de 51 anos, pescador hoje em dia a trabalhar na construção civil, abasteciam-se na cidade do Porto, em média duas vezes por semana.

O terceiro arguido, de 57 anos, reformado por invalidez, residente numa freguesia de Aveiro, terá sido o condutor da acusada nas deslocações para adquirir droga.

O casal foi detido numa ocasião pela GNR, mas acabaria por reincidir na atividade enquanto aguardavam pelo desenrolar do inquérito criminal.

Num busca domiciliária, a mulher foi surpreendida pelos militares da Guarda com sacos de droga e mais de 1200 euros em dinheiro nos bolsos do robe que envergava.

A GNR vigiou a atividade de tráfico dos suspeitos entre fevereiro de 2020 e maio do ano seguinte.

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.