Três anos e meio de cadeia, efetiva, por roubar e sequestrar taxista

773
Tribunal de Aveiro.

Um homem de 27 anos que confessou o roubo sob ameaça de arma e sequestro de um taxista foi condenado, esta tarde, pelo Tribunal de Aveiro, em cúmulo jurídico, a três anos e meio de prisão, pena efetiva.

O arguido, que está já detido, foi absolvido do crime de coação na forma tentada, de que também estava acusado, por razões jurídicas.

Além das penas parcelares de três anos por roubo e um ano e três meses pelo sequestro, o acórdão determinou, ainda, o pagamento de 500 euros ao taxista, a quem foram roubados 45 euros.

Apesar da confissão (ressalvado apenas que a arma usada no crime foi uma pistola de ‘airsoft’), o coletivo de juízes não deu credibilidade à versão apresentada pelo arguido. Pesou na medida da pena, também, o sequestro prolongado no tempo.

Artigo relacionado

Confessa sequestro de taxista durante 400 quilómetros

Publicidade, serviços e donativos

» Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o NotíciasdeAveiro.pt de acesso online gratuito;

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais, assim como requisitar outros serviços.

Consultar informação para transferência bancária e aceder a plataforma online para incluir publicidade online.