Teatro Aveirense reabre a 3 de setembro com exposição histórica e concerto de Ivan Lins com a Orquestra das Beiras

724
Teatro Aveirense.

A Câmara de Aveiro agendou para 3 de setembro a reabertura após trabalhos de remodelação do Teatro Aveirense, anunciou ao final da manhã o presidente da edilidade.

Um investimento de 1,5 milhões de euros, sem apoios comunitários, centrado “de forma generalizada na conservação das infraestruturas, equipamentos e organização funcional” que acompanha o empenho local na candidatura a Capital Europeia da Cultura de 2027.

Artigo relacionado

Teatro Aveirense entrou em obras

O arranque dos trabalhos agora concluídos foi antecipado para março deste ano, aproveitando o encerramento da sala por força da pandemia. O que obrigou a adiar para outra data a comemoração dos 140 anos do edifício.

“Temos a casa pronta após esta obra profunda para retomar a programação normal, o que irá acontecer na noite de 3 de setembro”, informou Ribau Esteves.

O programa do dia inclui a inauguração de uma exposição narrativa da história do Teatro Aveirense até à atualidade, que ficará patente no salão nobre, o momento de “assinalamento” da reabertura,  como explicou o edil, e um concerto à noite que junta Ivan Lins e a Orquestra Filarmonia das Beiras.

A bilheteira e o foyer de entrada, no rés de chão, sofreram as principais alterações físicas. Grande parte do investimento está feito, contudo, no equipamento técnico (luz, som, etc), bem como no isolamento do palco por força da sua proximidade ao espaço exterior.

O Teatro Aveirense irá, também, passar a ter uma imagem ‘renovada’ no plano de comunicação.

Os 140 anos serão assinalados ao longo dos próximos meses, até março de 2022.

Ribau Esteves salientou a remodelação do Teatro Aveirense “na estratégia de desenvolvimento urbano” que comporta 25 milhões de euros, com uma comparticipação de 11,5 milhões de euros garantida, existindo ainda outras ao alcance da edilidade.

A recuperação do ATLAS (edifício Fernando Távara) e da antiga estação da CP foram também destacadas no esforço de recuperação do edificado, sendo que o Teatro Aveirense não tem comparticipação comunitária.

A principal sala do concelho, que foi inaugurada originalmente em 1843, sofreu uma grande intervenção num investimento de 5 milhões de euros que ficou pronta em 2003 durante a gestão de Alberto Souto (PS).

A autarquia anunciou hoje os destaques da programação até março. São mais de 100 atividades, incluindo uma dezena de estreias nacionais de companhias de uma dúzia de nacionalidades num esforço de “maior internacionalização”, segundo explicou José Pina, diretor do Teatro Aveirense.

Consultar programação.

Publicidade, Serviços & Donativos

Para conhecer e ativar campanhas em NoticiasdeAveiro.pt, assim como conhecer / requisitar outros serviços e fazer donativos, utilize a nossa plataforma online.