Sucessor de Ribau Esteves será escolhido “dentro” da ‘Aliança com Aveiro’ para dar “continuidade do trabalho e do projeto”

532
Foto partilhada pelo PSD de Aveiro.
Dreamweb 728×90 – Video I

A gestão da eleição autárquica de 2025 é “um dossier que assume total prioridade” no trabalho da nova comissão política concelhia do PSD de Aveiro para os próximos dois anos. Compromisso assumido por Simão Santana, ao tomar posse depois da reeleição à frente de lista única.

Está a ler um artigo sem acesso pago. Faça um donativo para ajudar a manter o jornal online NotíciasdeAveiro.pt gratuito.

Artigo relacionado

Aveiro: Simão Santana renovou liderança no PSD local em eleições com lista única

O atual adjunto da presidência da Câmara diz que a concelhia ‘laranja’ tem “ideias base claras sobre este assunto” que estará ‘em cima da mesa’, reafirmando a decisão de concorrer novamente com o CDS. “Sabemos de onde vimos, em que ponto estamos e para onde queremos ir. Ou seja, é dentro da coligação ‘Aliança com Aveiro’ que está a solução para a continuidade do trabalho e do projeto que se iniciou em 2013 e que defendemos e projetamos para futuro na cidade e no município de Aveiro.” É neste enquadramento partidário que a liderança do PSD pretende submeter-se a votos para que “o projeto que temos vindo a desenvolver com inúmeros sucessos, possa ter futuro e por essa via continuarmos a dar futuro a Aveiro”, referiu Simão Santana.

Luís Souto coordena ‘Gabinete de Opinião’ para ouvir pessoas fora do partido

O líder concelhio sublinhou, ainda, “a importância de dar seguimento ao trabalho de abertura do PSD Aveiro à Sociedade Civil”, anunciando “um passo ainda mais firme para esta conquista”, ao agendar para 20 de maio a aprovação de uma proposta para criar “um novo órgão na Concelhia”, o chamado ‘Conselho de Opinião’. Será, explicou Simão Santana, um órgão consultivo da comissão política, que terá como coordenador Luís Souto, atual presidente da Assembleia Municipal, com “o desígnio principal chamar” para a estrutura “pessoas independentes, das mais diversas áreas, para que possam ajudar” o partido “no seu exercício de pensamento e de tomada de decisões” sobre as mais diversas temáticas, de forma “a enriquecer ou fazer-nos sentir de forma mais clara as necessidades e os desafios futuros próximos da cidade e do município”.

Continuar para ler intervenção de Simão Santana completa

Ribau Esteves deixa “confiança e estimulo” para a “tranquila continuidade”

Ribau Esteves permanece como presidente da mesa do plenário, afirmando-se como “adjunto” do presidente da secção, ele que na presidência da Câmara conta com Simão Santana nessa função. Na vertente política, o edil lembrou que se vivem “momentos muito importantes” na governação do Pais, agora a cargo da Aliança Democrática, e “um momento dramaticamente importante” para a União Europeia, que se arrisca a ver surgir um bloco de maioria de extrema direita, como a maior coligação do Parlamento Europeu, o que “será um drama para as instituições e muito complexo para a nossa vida individual”, se colocar em risco “a soma da diversidade” do projeto europeu.

Localmente, deixou palavras de “confiança e estimulo” para a “tranquila continuidade” num “caminho que seja feito com fortalecimento, garra e ganhos”, colocando como meta “vencer todas as dimensões” autárquicas em 2025, insistindo em prosseguir “numa lógica de continuidade do trabalho, do saber instalado e do conhecimento do município para darmos futuro a Aveiro”. O autarca, que irá terminar o ciclo de três mandatos permitidos por lei, espera que o desempenho nestes anos “seja uma bandeira positiva para os companheiros que vão levar a outra bandeira para prosseguir o trabalho de excelência”.

Discurso direto

“O PS anda entretido, a fazer-se importante. A usar instituições que não tem a ver com vida partidária para tentarem ser os meninos de bem, a tentarem fazer esquecer a miséria que entregaram a Câmara, boa parte do nosso trabalho de 10 anos foi para arrumar o lixo que produzirem e ainda não está todo arrumado. Não são eles, nem a presidente da concelhia que só o é formalmente, nem o mandatário que é verdadeiramente quem manda, sistematicamente, que vão ter condição de dar a volta à continuidade da qualidade de vida e crescimento do município. Será a ‘Aliança com Aveiro’, mobilizando todos– Ribau Esteves.

Siga o canal NotíciasdeAveiro.pt no WhatsApp.

Publicidade e serviços

» Pode ativar rapidamente campanhas promocionais no jornal online NotíciasdeAveiro.pt, assim como requisitar outros serviços. Consultar informação para incluir publicidade online.