Sindicato acompanha bancários com despedimento agendado

1711
Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários.
Smartfire 728×90 – 1

O presidente do Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB), Paulo Gonçalves Marcos, estará de visita a dois balcões do Banco Santander, do distrito de Aveiro, que irão encerrar no dia 19 de Março, no âmbito do processo de reestruturação que está em curso no banco.

Esta terça-feira, o dirigente sindical desloca-se às agência de Oiã, no concelho de Oliveira do Bairro, e de Mozelos, em Santa Maria da Feira.

“O SNQTB continua assim a acompanhar o processo de reestruturação em curso no Banco Santander, numa política de proximidade aos trabalhadores do banco e sócios”, refere um comuncado, garantindo “no terreno a defesa dos legítimos interesses dos trabalhadores da entidade bancária que está numa fase de encerramento de balcões e negociação de rescisões por mútuo acordo (RMA).”

“Impõe-se nesta altura um sinal claro de apoio a todos os trabalhadores do Banco Santander que estão a ser confrontados com propostas de RMA e com um terrível quadro de incerteza quanto ao seu futuro”, afirmou Paulo Gonçalves Marcos, presidente do SNQTB, citado na nota de imprensa.

“Não seremos agentes passivos, ou facilitadores, de processos de reestruturação. Continuamos inteiramente disponíveis para continuar a apoiar os nossos sócios e prestar toda a informação que nos seja solicitada”, referiu ainda o mesmo dirigente sindical.

Os balcões do Banco Santander de Oiã e Mozelos, juntamente com o balcão da Quinta do Conde em Sesimbra e o balcão do Banco Santander de Barroselas e de Ponte da Barca (distrito de Viana do Castelo), vão encerrar já na próxima quinta-feira, dia 19 de Março, no âmbito do processo de reestruturação que está em curso naquela entidade bancária.

Publicidade, Serviços & Donativos