Sexagenário que ameaçava de morte companheira obrigado a usar pulseira eletrónica

1355
Arma apreendida pela GNR em Águeda.

A GNR deteve ontem, em Águeda, um homem de 64 anos, pelo crime de violência doméstica.

“No âmbito de uma investigação relacionada com o crime de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito dirigia ameaças de morte e agressões físicas à vítima, sua companheira de 53 anos, com quem coabitava”, refere um comunicado relativo à ocorrência que esteve a cargo do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Aveiro.

Ainda segundo a GNR, no decorrer das diligências policiais foram apreendidas duas caçadeiras e 670 munições que se encontravam no estabelecimento comercial do suspeito.

Depois de presente às autoridades judiciais, o homem saiu em liberdade, ainda que obrigado a permanecer com pulseira eletrónica, bem como proibido de contactar “com a vítima por qualquer meio.”

Publicidade, Serviços & Donativos