SEEBug: O sensor célere para controlo microbiológico de bivalves

939
Apanha de bivalves na Torreira (foto de AH Cravo).
Comercio 780

O Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) da Universidade de Aveiro (UA) está a desenvolver sensores capazes de detetar precocemente a contaminação microbiológica de bivalves.

Pretende-se que esta venha a ser uma ferramenta para todos os agentes da fileira da pesca e produção de bivalves.

Continuar a ler artigo do site UA.pt.

Publicidade, Serviços & Donativos

Comercio 780